Atualizado em: 2 agosto 2013

Medicamentos proibidos durante a gravidez

Medicamentos que fazem bem para a gestante podem oferecer sérios problemas e estão terminantemente proibidos na gravidez.
Você Sabia?
Que o primeiro remédio que surgiu para curar determinada doença e sua marca é bem conhecida como Aspirina.
remedios-na-gravidez

Muitos remédios ingeridos durante a gravidez podem afetar o feto

A chamada Organização que regulamenta toda a classificação dos medicamentos dos Estados Unidos classificou recentemente uma série de medicamentos que são totalmente proibidos na gravidez, e de acordo ainda com a sua gravidade, pode gerar uma série de consequências para a vida do bebê e de sua mamãe, que a utilização dos remédios com alguns princípios ativos poderão gerar uma série de riscos.

Medicamentos Proibidos

Medicamentos com Risco X

publicidade:

Acenocumarol; Warfarina; Ganciclovir; Podofilina.

Medicamentos com Risco D

Amitriptilina; Espironolactona, Pentobarbital, Azatioprina, Estreptomicina, Primidona, Benzodiazepinas, Fenitoína, Procarbazina, Bleomicina, Fenobarbital, Propiltiouracilo, Ciclofosfamida, 5-Fluouracilo,•Propiltiouracilo, Cisplatino, entre outros.

Informação

De acordo com a classificação determinada de medicamentos, todos os medicamentos que contam com um risco X não devem ser utilizados de forma alguma durante a gravidez, já que diversos estudos incitam uma série de anormalidades nos fetos ou ainda evidências consideradas de risco para os fetos. Além disto todos os riscos durante a gravidez acabam acontecendo de forma superior aos benefícios potenciais e por este motivo não podem ser utilizados.

Classificações de Medicamentos

Risco A

Estes medicamentos não contam com evidências de que possam gerar riscos nas mulheres grávidas. Estudos considerados bem controlados de forma alguma revelam problemas em um primeiro trimestre de gravidez, e ainda não existem evidências de problemas no segundo e terceiro trimestres.

Risco B

Não existem estudos que sejam adequados em mulheres. No caso de algumas experiências realizadas com animais não foram encontrados riscos neste sentido, apesar disto foram encontrados efeitos colaterais que não acabaram sendo confirmados nas mulheres, principalmente durante o último trimestre de sua gravidez.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook