Atualizado em: 19 janeiro 2011

Máquina de Cartão de Crédito para Pessoa Física

Você tem um pequeno negócio ou é autônomo e quer aceitar cartões de crédito como forma de pagamento, porém não sabe como? Pois é, você tem essa opção sim!

publicidade:

Hoje os cartões de crédito são muito usados para qualquer coisa, compras na internet, pagamentos de serviço entre outros. A maior parte das pessoas possui cartões de crédito, tamanha facilidade de obter-se um. Existem financeiras que nem pedem cópias dos documentos ou coisa do tipo, basta ligar e informar os dados necessários. Outra vantagem é que as lojas aceitam quase que todas as bandeiras de cartões de crédito.

Então, se você tem seu pequeno estabelecimento, seja salão de beleza, pequeno comércio ou é autônomo, você pode solicitar uma máquina de cartão de crédito para assim facilitar o pagamento dos seus clientes.

Mediante algumas pesquisas, pude saber que pelo menos a REDECARD oferece esse serviço. A rede trabalha com as bandeiras MASTERCARD, VISA, AMERICAM EXPRESS, HIPERCARD E CREDITO PARA CELULAR

Os documentos necessários são: RG, CPF, comprovante de residência e conta corrente.

A seguir alguns modos de serviço das maquininhas:

Maquininha com Fio

A maquininha com fio é de propriedade da Redecard que a aluga aos estabelecimentos clientes. A cada três anos, há renovação no parque tecnológico da Companhia, o que garante redes mais modernas, rápidas e seguras.

A Companhia desenvolveu um software para que as funcionalidades da maquininha possam ser atualizadas à distância sempre que necessário, garantindo agilidade e redução de custos.

Maquininha sem Fio

Também de propriedade da Redecard, a maquininha compacta e sem fio vai onde o consumidor está e facilita os pagamentos eletrônicos. Essa solução atende a segmentos como restaurantes, serviços de entrega, motoboys, valets ou estabelecimentos sem linha telefônica convencional.

Procure mais informações entrando em contato com a operadora das máquinas.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook