Atualizado em: 17 dezembro 2013

Lesões comuns em jogadores de Rugby

Para você que não sabe o Rugby foi criado por William Webb Ellis, um inglês que cansado da monotonia de um jogo de futebol, decidiu agarrar a bola e sair correndo.
Você Sabia?
Que o primeiro jogo internacional de rugby foi disputado no Raeburn Place, em Andrew's, na Escócia, em 27 de março de 1871, entre Escócia e Inglaterra.
rugby

Rugby um esporte que possui milhares de adeptos no mundo todo

O rugby é um esporte coletivo e de contato muito popular em vários países,  originário da Inglaterra onde há muitos adeptos deste esporte, lembrando que a  prática regular do rugby proporciona uma excelente forma de exercício aeróbico, de desenvolvimento do equilíbrio físico, da agilidade, da coordenação e também do espírito de equipa.

Lesões Comuns no Rugby

Lesões de Sobrecarga

publicidade:
  • Tendinose do rotuliano
  • Tenovaginites do tibial anterior
  •  Doença da cartilagem da rótula
  • fraturas de fadiga da coluna
  • Fraturas pé
  • Fratura tíbia
  • pubalgia.

Lesões Aguda

  • Entorses da coluna cervical
  • Rotura do ligamento interno do joelho
  • Luxação dos dedos das mãos
  • Fraturas dos ossos da face
  • Fratura no Nariz
  • Hematomas intramusculares

Como Prevenir Lesões no Rugby

1. Perante as consequências de qualquer um destes tipos de compromisso lesional, o atleta deve ser educado e aprender a conhecer o seu corpo e o seu nível máximo de desempenho funcional,

2. Para a prevenção das lesões dentárias o uso de uma protecção bem adaptada é a solução mais indicada.

3. Quanto à prevenção das lesões agudas, esta deve centrar-se no respeito, pelas normas gerais e pelas limitações pontuais da modalidade durante o jogo ou durante o treino, no fair-play com os outros atletas.

4. Sempre que surgirem sinais de alarme, sinalizadores de uma eventual lesão deste tipo, a suspensão imediata de toda a atividade deverá ser a norma e a avaliação por um especialista a regra.

5. O adequado balanço hidro-electrolítico, com um programa estruturado de hidratação para os períodos de treino, de jogo e repouso, é relevante para ajudar a minimizar o aparecimento de lesões de sobrecarga.

6. Um treino “inteligente” e uma preparação física regular e adequada, para uma melhoria do fortalecimento e do desempenho neuromuscular, da flexibilidade e da proprioceptividade, deverá centrar-se num compromisso diário

7. A prevenção das lesões de sobrecarga, deve fundamentar-se sempre e em primeiro lugar, na adaptação adequada do atleta a esta modalidade

8. Lembrando que o treinador, o professor ou o preparador físico, têm aqui um papel muito importante.

Vídeo sobre o Rugby

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook