Atualizado em: 2 março 2011

Lei Contra Plágio

 

Saber ser original não é determinante para conquista de trabalhos e faculdades apenas, assim como, quando bem usada, é uma ferramenta extraordinária para a auto-expressão. O plágio dilacera a linha argumentativa e estabelece uma relação de incapacidade com o assunto abordado. Cite, reutilize com os devidos créditos legais, mas jamais copie e utilize como seu.

publicidade:

A preocupação em violar qualquer propriedade intelectual ou copyright deve sempre ser o primeiro elemento observado em trabalhos artísticos, acadêmicos etc. Caso sejam utilizados personagens, cenários, trilha e/ou efeitos sonoros – em vídeos, por exemplo – pertencentes a outrem, deve-se estabelecer contato com a portadora dos direitos destes elementos e, dependendo da orientação oferecida pela instituição ou autor, expor os determinados proprietários em qualquer meio onde o trabalho seja disponibilizado.

Não se esqueça de se informar sobre a Lei nº 9.610, texto legal que fala sobre a regulação dos Direitos Autorais. Cuidado com resumos pela Internet ou com informações populares: confira aqui o texto integral e retire toda e qualquer dúvida concernente ao assunto. Lembre-se de que os seus direitos devem ser fiscalizados, de maneira a universalizar o bom uso da democracia brasileira.

Plágio é crime!

 

 

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook