Atualizado em: 30 outubro 2012

hipertensão primária - Como identificar e causas

hipertensão arterial primária corresponde a mais de 90% dos pacientes. Sua etiologia é desconhecida, portanto fique atento a esta doença.
Você Sabia?
Que a hipertensão arterial é uma doença crónica determinada por elevados níveis de pressão sanguínea nas artérias, o que faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer circular o sangue através dos vasos sanguíneos.

Cerca de 90 a 95% dos casos são classificados como hipertensão primária

A hipertensão é um problema infelizmente muito comum, é caracterizada pelo aumento na pressão arterial, ou seja, a força com que o coração bombeia o sangue através dos vasos.O problema pode se apresentar de duas formas, como hipertensão arterial essencial ou primaria ou hipertensão secundária e suas causas podem ter vários motivos, muitos acreditam que o problema é hereditário, ou por múltiplos fatores ou em alguns casos não são identificados as suas causas.

A hipertensão arterial primária é a mais comum estima-se que seja 90% a 95% dos casos da enfermidade, o problema pode se desenvolver em qualquer idade, porem com o envelhecimento as chances são maiores, os índices revelam que a chegada da terceira idade os riscos da pessoa se tornar hipertenso é maior.

publicidade:

 Causas

podem variar de genética, ou seja uma causa hereditária, reatividade vascular normal, alta ingestão de sódio na alimentação, uso de bebidas alcoólicas, disfunção dos sistemas renina-angiotensina e distúrbios emocionais de duração prolongada.

Como Identificar

A forma de se identificar se está hipertenso é fazendo a leitura através de um medidor, quando foi igual ou superior a 140/90 mmHg, já é considerado uma pessoa hipertensa. Mas não pode ser identificada de exato momento, recomenda-se um repouso e após 5 minutos é refeito essa medida, além disso também deve ser feito as medidas em dias diferentes para ter a certeza do problema e classificar o grau da mesma.

Sintomas

Para identificar a hipertensão podem variar com o grau do problema, em alguns casos apresentam fortes dores de cabeça, fadiga, náuseas, vômitos, dispneia, agitação e visão borrada em casos de hipertensão grave ou prolongada. Porém em algumas pessoas hipertensas não possuem sintomas, por isso é essencial as realizações de exames de rotina para diagnósticos rápidos.

Prevenção

Obesidade – para as pessoas que estão a cima do peso o aconselhável é reduzir o mesmo, ficar atento em diabetes e colesterol também é de extrema importância para a saúde cardiovascular.

Reduzir Sal – reduzir o consumo do cloreto de sódio para menos de 6 gramas ao dia, mantendo a ingestão adequada de cálcio, magnésio e potássio.

Reduzir consumo de bebidas alcóolicas – reduzir os consumos para menos de 720ml de cerveja, 300ml de vinho ou menos de 60ml de bebidas destiladas.

Exercícios físicos – pratique exercícios aeróbicos moderados, pessoas portadoras de hipertensão arterial primaria não precisam restringir suas atividades, desde que sua pressão esteja controlada.

Não fumar – Evite fumar, o uso de cigarros podem trazer sérios problemas a saúde.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook