Atualizado em: 7 fevereiro 2011

Google quer evitar disputa judicial com a União Europeia

1.865911!img865894

A Google quer evitar uma longa batalha legal com os reguladores da União Europeia que estão investigando a sua posição dominante no mercado, informa o jornal The Telegraph.

publicidade:

Eric Schmidt, executivo-chefe da Google, empresa sediada na Califórnia, disse: “Naturalmente, nós queremos evitar isso (…) Creio que faz parte de nossos interesses e espero que se possa fazer uma rápida análise das questões levantadas por alguns concorrentes, que esperamos sejam de menor gravidade ou não estejam corretas. “

“Nós estamos cientes (a situação) e garantimos que vamos trabalhar dentro da lei e do espírito da lei”, disse Schmidt.

A União Europeia decidiu proceder a uma investigação formal sobre o Google em novembro, para as queixas de muitos rivais europeus que ele estava tirando vantagem de sua posição dominante no mercado para navegação na Internet.

Uma investigação anterior da União Europeia sobre a gigante do software, Microsoft, resultou em uma batalha legal que dura 10 anos e levou a empresa a pagar 1.680 milhões de Euros em multas e o Google quer evitar se engajar em uma disputa do mesmo tipo.

O Google hospeda e desenvolve uma série de serviços e produtos baseados na Internet e gera lucro principalmente através da publicidade pelo seu programa AdWords. A empresa foi fundada por Larry Page e Sergey Brin, muitas vezes apelidados de “Google Guys”, enquanto os dois estavam frequentando a Universidade de Stanford como Ph.D.s. Foi fundada como uma empresa privada em 4 de setembro de 1998 e sua oferta pública inicial foi realizada em 19 de agosto de 2004. Em 2006, a empresa mudou-se para sua atual sede, em Mountain View, Califórnia.

Fonte: The Telegraph

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook