Atualizado em: 19 janeiro 2011

Girias Filme Tropa de Elite 2

O cinema brasileiro tem sido cada vez mais conceituado, não só no Brasil, mas também no exterior, sendo que vários filmes produzidos pelo Brasil são dublados para dezenas de línguas. Outro ponto interessante dos filmes brasileiros é que mostra a cultura do nosso país, evitando que outros tipos de culturas possam invadir o Brasil. Na cultura brasileira, é muito comum o uso de gírias e bordões. Normalmente cada tribo tem a sua, profissionais também possuem suas gírias e bordões do ramo.

publicidade:

O filme Tropa de Elite  que agora está na sua segunda versão, retrata bem o lado da polícia no rio de janeiro, mais especificamente do BOPE (Batalhão de Operações Especiais). Tropa de Elite 2 foi um grande sucesso de público e assim consegue fazer grande influencia sobre a massa que o assiste. Uma dessas influências são as gírias.

As gírias e bordões fazem parte da cultura do país e com a exibição de Tropa de Elite, novas gírias e frases marcantes são inseridas no dia a dia das pessoas.

Hoje vamos mostrar um pouco das gírias e frases que marcaram o filme.

No primeiro filme temos algumas gírias como:

Pede pra sair” – mandar alguém pedir misericórdia ou algo do tipo

O senhor é um fanfarrão” – alguém que faz alguma coisa errada ou fala besteira

Zero Um” – Primeiro a Desistir

Aspira” – novato, inexperiente

E no segundo filme temos:

Tá de pomba-girice comigo?

Quer me f****? Me beija

“Bota ele na Ancora…

“O nome dessa operação deveria ser ‘operação Iraque’”

“Curió, vai cantar o que pra gente?”

“A responsabilidade é minha, o comando é meu!”

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook