Atualizado em: 16 setembro 2010

Fotos de Orcas – Baleias

Elas são lindas, imensas e assustam.

Mas como todo animal pode ficar na boa se não forem molestados.

publicidade:

A Orca, mamífero gigante, parente do golfinho, que tem dorso negro e a barriga branca, mede até 10 metros e pesa cerca de 5 mil quilos, ganhou a fama de assassina por pura falta de informação.

Até hoje não a registro de algum ataque de Orcas ao seres humanos quando estão no seu meio natural que são os oceanos.

Na verdade, a má fama se deve a um mal entendido.

Quando mergulhadores e pescadores viram um bando de orcas atacarem baleias de outras espécies, chegaram à conclusão precipitada que elas poderiam atacar também um ser humano num piscar de olhos.

Eles estavam completamente enganados..

As orcas não atacam seus parentes por instinto assassino, mas para defender seu território, sua comida e seus filhotes de outros animais, que elas consideram predadores. Esse tipo de comportamento é comum no reino animal.

Ao menor sinal de perigo, um bicho se vira contra o outro ainda que, muitas vezes, sejam os dois da mesma espécie.

A orca é o membro de maior porte da família dos cetáceos e um predador versátil, podendo comer peixes, moluscos, aves, tartarugas, ainda que, caçando em grupo, consigam capturar presas de tamanho maior, incluindo morsas e “baleias”.

O nome provém da tradução direta do inglês “killer whale.

Está, portanto, no topo da cadeia alimentar oceânica.

Pode chegar a pesar nove toneladas.

É o segundo animal de maior área de distribuição geográfica podendo encontrar-se em qualquer um dos oceanos.

Ela até por causa do seu tamanho é temida e embora saibamos que ela não ataca assim de graça ainda continuamos a chamá-la de assassina.

  • Curiosidades

Um filhote de orca já nasce com quase 200 kilos.

A fêmea entra na fase de reprodução a partir dos 15 anos de idade.

Período de gestação: 12 meses.

Esta espécie animal pode viver, aproximadamente, até os 30 anos de idade.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook