Atualizado em: 3 outubro 2013

A evolução do desmatamento da Amazônia

O desmatamento na Amazônia continua e isso deve parar!
Você Sabia?
Em janeiro de 2013, o SAD registrou 69 quilômetros quadrados de florestas intensamente exploradas pela atividade madeireira e/ou queimadas.
A evolução do desmatamento da Amazônia ( Foto: Divulgação)

A evolução do desmatamento da Amazônia ( Foto: Divulgação)

Precisamos nos conscientizar mais e preservarmos o pulmão do mundo que é a nossa Amazônia e o desmatamento desta região, que estava em queda desde 2004 neste ano voltou a crescer 88% segundo as medições feitas por satélites. Em especial as regiões mais afetadas foram o Pará com 49%, Mato Grosso com 23%, Rondônia com 13% e Amazonas com mais 12%.

Uma constatação perigosa, lamentável e alarmante já que se isso continuar poderemos ter sérios problemas em um futuro próximo e por isso é necessário que se faça mais fiscalizações a fim de evitar a qualquer custo que este desmatamento continue crescendo. Infelizmente este desmatamento ocorreu em áreas privadas ou sob posse de diversos tipos e outra parte foi registrada em Unidade de Conservação e Assentamentos de Reforma Agrária.

publicidade:

Por mais que o Governo Federal tenha aumentado a fiscalização e a criação de unidades de conservação, podemos perceber que ainda é muito pouco, já que somente no começo destas providências é que elas surtiram efeito, agora nem parece mais que existe qualquer ajuda no sentido de preservar. Medidas mais enérgicas como a que o governo tomou em 2008, baixando uma resolução que restringia o crédito em áreas com ocupação ilegal da terra é que devem ser pensadas daqui para frente e acho que está na hora.

Isto tem que parar para que exista uma preservação correta na área já que todos nós pagaremos por esta irresponsabilidade.

A evolução do desmatamento da Amazônia ( Foto: Divulgação)

A evolução do desmatamento da Amazônia ( Foto: Divulgação)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook