Atualizado em: 14 janeiro 2011

Eduardo Saverin: Entrevista

É Brasileiro, e ajudou a funda o fenômeno da internet, o Facebook, juntamente com Mark Zuckerberg e outros . Eduardo Saverin possui 5% das ações do Facebook. Em 4 de janeiro de 2011 o valor de suas ações ultrapassa 2,5 bilhão de dólares americanos. A estreia nos EUA do filme “A Rede Social”, baseado no livro “Bilionários por acaso – A criação do Facebook”, tirou o brasileiro de seu “quase” anonimato.

publicidade:

De acordo com a UOL Tecnologia, Saberin nascem em merco de 1982 em São Paulo, mas em 1993 foi morar com a família em Miami, nos Estados Unidos, país onde permanece até hoje. O motivo, segundo o livro “Bilionários por acaso”, foi a descoberta que Eduardo Saverin estava na lista de “possíveis sequestrados”, em função da riqueza de seu pai. Em 2003, Saverin iniciou o curso de Economia na universidade de Harvard. Foi lá onde conheceu Mark Zuckerberg, logo que entrou no curso. No ano seguinte, eles fundaram o “Thefacebook”, que mais tarde tornaria-se a maior rede social do mundo.

Saverin se afasta devido a conflitos internos e as diferenças de opinião com Zuckerberg. Saverin estava então morando em Nova York (onde trabalhou brevemente como um estagiário em finanças). O Facebook experimentava então um rápido crescimento do Vale do Silício e teve a entrada de investidores externos, principalmente o do capitalista de risco e co-fundador do PayPal Peter Thiel, que assumiu o controle de finanças e das necessidades de capital. Peter Thiel começou a dar suporte a Zuckerberg como seu CEO e o papel de Saverin foi diminuído.

Sua saída do Facebook foi o tema de uma ação judicial. Mais tarde, ele ganhou o direito de ter seu nome listado entre os outros fundadores depois de uma ação judicial.

Desde a vitória judicial, Saverin apareceu publicamente uma única vez. Em outubro, publicou suas impressões sobre o filme A Rede Social. Hoje, é a negação da rede que ajudou a construir: é um antissocial. O antissocial mais procurado na web.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook