Atualizado em: 4 agosto 2011

Descoberta a origem das crateras no lado escuro da Lua

Buscando descobrir porque um lado da Lua é tão diferente do outro, cientistas descobriram que a Terra possuia dois satélites, e um deles colidiu com a nossa Lua

Descoberta a origem das crateras no lado escuro da LuaAs grandes montanhas do lado escuro da Lua foram criadas ​​por uma colisão entre ela e outro satélite da Terra que terminou desaparecendo, de acordo com um estudo realizado por cientistas da Universidade da Califórnia (EUA), e que foi publicado na conceituadíssima revista científica “Nature”.

A teoria sugere que um corpo do tamanho de Marte colidiu com o nosso planeta nas origens do sistema solar. Como resultado desta colisão, foram lançados ao espaço grandes fragmentos que eventualmente formaram a lua.

publicidade:

Erik Asphaug e Martin Jutzi, autores da pesquisa científica, argumentam que nesta colisão, também teria se formado outro satélite que compartilhava a órbita com a Lua e, eventualmente, acabou colidindo com ela devido sua forte ação gravitacional.

“Este estudo é consistente com o que se sabe sobre a estabilidade dinâmica deste sistema, o processo de resfriamento da lua e a idade das rochas lunares”, disse Erik Asphaug, um especialista em ciência planetária.

Graças ao trabalho científico realizado,os pesquisadores foram capazes de recriar as condições do impacto entre a Lua e o corpo que seria 30 vezes menor. Há 4,4 bilhões de anos, quanto tudo isso teria acontecido, a Lua maior era três vezes maior e 25 vezes mais pesada, gerando um campo gravitacional forte o suficiente para atrair o satélite de tamanho menor.

Em termos astronômicos,  a colisão se deu com baixa velocidade, algo em torno de 8 mil quilômetros por hora. Parece muito rápido, mas em termos planetários, trata-se de uma velocidade bem reduzida, o que é corroborado pelo fato das rochas no local do impacto não terem se fundido.

Buscando descobrir porque um lado da lua é tão diferente do outro, cientistas descobriram que a Terra possuia duas luas e uma delas desapareceu no impacto com a nossa Lua.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook