Atualizado em: 14 julho 2011

Datafolha Pesquisa eleitoral 2010


Falta muito pouco para que o destino do Brasil seja decidido São dias que faltam para o encerramento das eleições e mais do que nunca é hora dos institutos de pesquisa estar por dentro de quem tem as maiores chances de ganhar para presidente, senador, governo do estado e para deputado.

Entre eles, está o Datafolha, um dos órgãos mais respeitados de opinião pública do Brasil. Tem este título por ser uma entidade muito criteriosa quanto aos números que apresenta para o pleito.

publicidade:

Dados

Em uma primeira pesquisa Datafolha feita depois da demissão da ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, a diferença na vantagem de Dilma para o segundo candidato, Serra, caiu de 12 para 7 pontos percentuais, mostrando que está maior a  probabilidade da ocorrência de segundo turno.

Com isso, Dilma foi de 51% para 49% na intenções de voto enquanto José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) subiram em dois pontos, respectivamente. O tucano de 27% para 28% e a candidata do Partido Verde de 11% para 13%.

Nos votos válidos, Dilma caiu também, sendo que a queda foi em três pontos percentuais, pondo em dúvida se ela vai ganhar ou não no primeiro turno.

Povo

A queda de Dilma aconteceu entre o eleitorado composto pelos que têm renda familiar mensal entre 5e 10 salários mínimos (10 pontos), entre os que têm nível superior de escolaridade, entre os que têm de 35 a 44 anos , e entre os que moram no Norte e Centro-Oeste do país.

O Datafolha também mostra que em Brasília a queda nos números também foi mais intensa, onde ela despencou sete pontos.

Na dianteira, entre os mais estudados, Marina Silva cresceu quatro pontos e Serra três.

Com tanta oscilação apresentada pelo Datafolha tudo indica que as Eleições 2010 será uma grande surpresa.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook