Atualizado em: 8 janeiro 2014

Crise no Sistema prisional do Maranhão

A crise no sistema prisional do Maranhão está causando danos a cidade e colocando a população em risco e trouxemos informações.
Você Sabia?
O sistema carcerário maranhense tem capacidade para abrigar cerca de 2.200 detentos, mas sua lotação passa de 5.400.
Medidas estão sendo tomadas para contornar a crise do sistema prisional do Maranhão ( Foto: Divulgação)

Medidas estão sendo tomadas para contornar a crise do sistema prisional do Maranhão ( Foto: Divulgação)

Este começo de ano chegou com muita confusão no Maranhão por causa da crise no sistema prisional e com isso diversas manifestações estão acontecendo na cidade desde o dia 03 de janeiro colocando em risco a população já que são cenas de vandalismo em diversos pontos da cidade atingindo prédios da segurança pública, viaturas da polícia, transportes coletivos e com muito terror e perigo para a população.

O que desencadeou a crise

A crise foi desencadeada por causa das medidas tomadas pelas autoridades maranhenses para tentar conter a onda de violência promovida por facções criminosas o que causou a morte de 60 detentos desde o ano passado e de uma criança de seis anos durante um ataque a ônibus em uma manifestação nestes dias. Além disso, a onde de violência é o resultado de uma luta pelo poder entre duas das cinco facções criminosas que atuam no estado do Maranhão. Há exatos dois anos os detentos de São Luís organizaram o seu próprio grupo criminoso chamado de “Bonde dos 40” e este grupo se caracteriza por ações de extrema violência já que possui membros atuando dentro e fora da cadeia.

Solução

As autoridades estão buscando soluções com bastante cautela sendo que o governo vai colocar a força nacional de segurança nas ruas além de mais policiais para tentar garantir a segurança dos moradores. Outra coisa que será feita é transferir os líderes de facções para presídios federais como uma ação emergencial já que não resolverá o problema, mas pode amenizar. A governadora Roseane Sarney diz que irá investir mais de R$ 130 milhões na construção de novos presídios, além de melhorar os já existentes.

Esperamos que esta onda de terror no Maranhão seja em breve resolvida.

Você também vai gostar disso!

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook