Conceito de Ética

Quando se fala de ética, muitas pessoas confundem o seu significado com o significado de “moral”. Esse engano não é nenhum absurdo, pois, na história essas duas palavras têm o mesmo significado. O termo “ética” vem do grego “ethos”, que por sua vez, tem seu correlato no latim “morale”, com o mesmo significado. Podemos então concluir que ética e moral são palavras sinônimas, mas os significados são diferentes.

Moral é um conjunto de normas que regulam o comportamento do homem em sociedade. Essas normas são desenvolvidas ao longo da vida do homem através da educação, pela tradição e pelo cotidiano. Durkheim definia moral como a “ciência dos costumes”, sendo algo anterior a própria sociedade. A Moral tem caráter obrigatório.

Por sua vez, ética é algo que está relacionado à natureza, ou seja, as pessoas já nascem que ela. É a diferenciação do certo e do errado. Como roubar, matar, difamar etc.

Alguns pensadores definem ética e moral da seguinte forma:

– Ética é princípio, moral são aspectos de condutas específicas;

– Ética é permanente, moral é temporal;

– Ética é universal, moral é cultural;

– Ética é regra, moral é conduta da regra;

– Ética é teoria, moral é prática;

Em suma, enquanto moral é algo que o homem desenvolve de acordo com os costumes, os hábitos, a religião e a época em que vive, a moral é algo atemporal, ou seja, independentemente do local e da época o ser humano sempre carregará consigo a ética.

O que não significa que ele vá fazer o uso dela sempre.