Atualizado em: 10 maio 2013

Como pagar INSS como autônomo: Recolher imposto (INSS)

Se você é um trabalhador autônomo veja as dicas e as facilidades de se efetuar o pagamento do carnê INSS e assim não tem problemas.
Você Sabia?
Que a Previdência Social surgiu no Brasil com a Lei Eloy Chaves (Decreto Legislativo n.° 4.682, de 24.01.1923) e por ela foram criadas as “caixas de aposentadorias e pensões” inicialmente para os trabalhadores das empresas ferroviárias.
Como-pagar-INSS-como-autônomo-2

Se você é um trabalhador autônomo, cadastre-se em uma agência da Previdência e tenha direito aos benefícios INSS

Todos os trabalhadores brasileiros deverão ter um direito de uma aposentadoria no futuro, e também outros tipos de vários benefícios que são garantidos por lei. Para que estes profissionais possam garantir todos estes benefícios no futuro é preciso que exista uma contribuição para a Previdência Social.

E ainda todas as pessoas poderão contribuir para o sistema de Previdência Social, e até mesmo os trabalhadores considerados autônomos, apesar disto eles não devem ter registro em carteira. Apesar de se levar em conta os procedimentos de recolhimento de valores diferenciados, e o objetivo final é o mesmo, contar com uma grande aposentadoria no futuro.

publicidade:

Quem tem direito de fazer esta solicitação

Todos os profissionais que prestam algum tipo de serviço diferenciado e temporário não contam com vínculos empregatícios e que poderão se inscrever como pro exemplo como Contribuintes Individuais. Existem várias pessoas que se enquadram neste tipo de classe, estes que são autônomos e também freelancers, ou seja que se possam prestar serviços para outras empresas diferenciadas que poderão prestar serviços para outras empresas ou ainda pessoas que poderão fazer o pagamento do INSS de forma mensal.

Outro tipo de categoria que poderá se tornar segurados neste sentido são as pessoas que tiverem renda própria como estudantes e desempregados. Nestes casos o pagamento acontece na categoria de contribuinte facultativo, veja a seguir algumas dicas breves sobre o pagamento de INSS autônomo.

Para os trabalhadores autônomo é possível se filiar ao RPGS (Regime Geral de Previdência Social), e desta forma é possível se realizar o pagamento mensal do INSS, utilizando uma base de valores equivalentes a 20% dos seus salários de contribuição independente de sua data de inscrição. O salário de contribuição nada mais é do que uma remuneração recebida por uma ou mais empresas pelos exercícios das atividades. Já na parte do segurado facultativo os salários que são contribuídos são valores que se declarar durante todo o mês.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook