Atualizado em: 11 março 2011

Como Mudar o Nome no Cartório

 

Não raramente, o assunto vem à cabeça. Como mudar o próprio nome, uma vez que o que possuo não me agrada nem me satisfaz? Como fazer tal mudança sem ofender e sem ser ofendido? No Brasil, basta ter 18 anos ou mais, lembrando que não há necessidade de que haja qualquer justificativa. Afinal, é o seu nome (ou era).

publicidade:

Para ingressar com pedido junta a Vara de Registros Públicos, é preciso buscar um advogado. Tal processo leva a uma audiência junto com um juiz, de maneira a assegurar de que o procedimento de mudança não passa de simples conseqüência de vontade alheia e não ato irregular com relação à lei. Em média, todo o processo demora um período de três a seis meses e necessita avaliar documentos e verificar possíveis anormalidades e pendências. Já a mudança apenas do primeiro nome pode ser realizada apenas direcionando-se ao cartório e requisitando o procedimento.

Mudar o nome é uma vontade universal, mas envolve, na realidade, uma mudança de identidade. Seja ela cultural ou familiar. Tenha certeza de sua escolha e somente embarque neste procedimento caso a mudança seja realmente necessária – compreendendo como “necessário” tudo aqui que é preciso ou que auxilia na vivência e na felicidade humana. Estar satisfeito com a própria identidade é uma necessidade primeira.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook