Atualizado em: 15 julho 2010

Caso Bruno – Veja novidades, notícias e fotos

A meta da polícia foi relacionar os acusados pelo desaparecimento de Eliza Samudio e saber informações de onde cada um estava nos dias anteriores ao desaparecimento da modelo.

publicidade:

JUSTIÇA

A justiça, com esta finalidade, já determinou a quebra de sigilo telefônico de Bruno, Wemerson Marques de Souza, o Coxinha, Flávio Caetano de Araújo e do menor de idade primo do atleta.

Estas informações serão obtidas através dos dados que vão até mesmo apontar o local exato de onde foram feitos os telefonemas.

Há possibilidade de oferecer aos acusados do homicídio a delação premiada, já que só dois primos do goleiro, Sérgio Rosa Salles e o menor de idade, estão contribuindo com as investigações da Polícia Civil. Delação premiada é dar vantagens aos acusados para que eles colaborem ainda mais com as investigações.

OUTRAS TESTEMUNHAS

Fernanda Gomes de Castro, que também teve um caso com Bruno, será chamada para prestar depoimento. Ela vai depor porque voltou a ser citada no depoimento do primo de Bruno.

Em depoimento, o primo de Bruno afirmou que estava na casa com o Macarrão e com uma mulher que cuidou do bebê.

DEFESA

A defesa de Bruno e dos cinco jovens envolvidos no crime contra Eliza Samudio, vai entrar com o pedido de habeas corpus em favor do goleiro.

Este será o primeiro pedido de habeas corpus pedido a favor do goleiro.

Em seguida, a defesa vai pedir também para o caseiro do sítio do jogador, Elenílson Vitor da Silva. Com isso, os pedidos de habeas corpus serão solicitados uma a uma pela defesa dos acusados.

O CASO

Eliza Samudio desapareceu no dia 4 de junho, quando foi a Belo Horizonte, tratar da pensão do seu filho Bruno, suposto filho do goleiro acusado de tramar a morte da modelo.

O corpo de Eliza não foi encontrado até o momento.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook