Atualizado em: 16 fevereiro 2011

EUA tem planos para acabar com Wikileaks

corp_adp

Nesta quarta-feira, o grupo de ativistas Anonymous revelou à versão online do jornal britânico “The Guardian”, um plano concebido contra eles e o site Wikileaks, pela empresa de segurança HB Gary e o Bank of América, que os pretendia eliminar.

publicidade:

Em particular, os internautas anônimos deram ao jornal britânico um arquivo PowerPoint onde se detalham as ações contra os sites  e quanto seria o custo de realizar a operação, orçado em dois milhões de dólares.

Nesse arquivo, como explica o jornal, se dá a conhecer uma  estratégia que se consistia em apresentar uma série de documentos supostamente falsos abrigado pela organização. Com isto, a empresa de segurança e o tentariam provar que o site Wikileaks é uma farsa.

Além disso, advogados do Bank of American sugerem a realização de uma política de confronto entre os grupos atualmente favoráveis ao Wikileaks

Até agora, o Bank of América se recusou a falar sobre o assunto e sua menção no arquivo PowerPoint, enquanto a empresa de segurança HB Gary, através do seu presidente, Penny Leavy, disse: “Anonymous devem ser considerados como criminosos. Eles têm mostrado que são inimigos das empresas de segurança e quem trabalha com o governo. “

É isso que temos agora é uma luta de poder com uma saída difícil final, é claro que Wikileaks e Anonymous estão sendo um tremendo um espinho para o governo dos Estados Unidos e seu departamento de segurança.

Via Death + Taxes

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook