Atualizado em: 28 novembro 2012

Ataques de Cães – Como evitar

No brasil algumas cidades já seguiram o exemplo de países como a Inglaterra, criando leis que obrigam raças mais perigosas a usar focinheira em lugares públicos, mas nem todos comprem esta lei.
Você Sabia?
Que a expectativa de vida que varia entre dez e vinte anos, o cão é um animal social que, na maioria das vezes, aceita o seu dono como o "chefe da matilha" e possui várias características que o tornam de grande utilidade para o homem.

As raças descritas como cães de guarda abrangem, em sua maioria, cães agressivos com pessoas

Os cachorros, assim como as pessoas nascem sem maldade, é claro que eles podem até ter estintos, mas estes só são aflorados quando se provoca determinada situação, ou seja, é injusto dizer que um Pit bull é um animal feroz, ou que um pooddle é extremamente manso.

Há diversos casos em que é totalmente o contrário, assim como também ambos podem ser calmos e muito dóceis, tudo depende da forma com que são criados.

publicidade:

Como Evitar Ataques de Cães

Infelizmente há casos em que não há muito o que se fazer, mas de fato correr não é uma delas, isto pode fazer com que você se torne um predador, ou que ele lhe veja como ameaça, sendo assim, se o cão vier correndo em sua direção, fique parado e tente chamar o dono dele. E outra coisa muito importante a não se fazer é encarar o cão nos olhos, pois ele poderá lhe ver novamente como uma ameaça a ele.

Outra coisa importante a se fazer quando se vai ter contato com um cão, é deixar que ele sinta o seu cheiro, mas mostre as costas de sua mão, e nunca coloque-a direto na cabeça, pois ele poderá entender que isto será uma agressão ou ataque e não um carinho como você imagina e novamente ele poderá te atacar.

E se você notar que o ataque é inevital, o jeito é cruzar os braços no rosto e não gritar, e esperar que o dono do animal intervenha na situação. Mas vale lembrar que o cão normalmente só ataca quando é treinado para esta finalidade, pois quando o animal é criado com diversas pessoas e em ambiente tranquilo, ele pode se tornar dócil e calmo independente de sua raça e tamanho.

Informação

Mas como nem sempre sabemos como estes animais foram criados, é muito importante que se mantenha a calma próximo a eles, pois os principais fatores que fazem com que eles ataquem é o medo, o fato de se mostrar dominantte, e o ensinamento que tiveram, como a necessidade de proteger o local onde vivem e até mesmo os seus donos

Vídeo sobre Ataques de Cães

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook