Atualizado em: 4 fevereiro 2013

Acidente de transito - Como receber por danos

Hoje em dia existem indenização através do DPVAT para casos de morte, invalidez permanente e despesas médico hospitalares.
Você Sabia?
Que em muitos países, as regras da estrada são codificadas, discriminando os requisitos legais e as punições para quem quebrá-las.
acidente carro-01

Nas grandes cidades brasileiras, especialmente em São Paulo, é enorme o número de acidentes de trânsito.

Quando acontece um acidente de trânsito há dois tipos de danos para serem reparados: os danos materiais e os danos morais. Além destes, se houver vítimas há possibilidade de recebimento do seguro DPVAT, seja para reembolso de despesas médicas, seja para pagamento do seguro por morte ou invalidez permanente.

Dentre os danos materiais a serem reparados pode-se citar: despesas com conserto do veículo, substituição de peças, mão de obra para isso, despesas com locação de veículos de terceiros, despesas com táxi. Muitas pessoas não sabem, mas, se houve necessidade de locar outro veículo para suprir necessidades de locomoção enquanto o veículo envolvido no acidente esteve em conserto, há possibilidade de pedir a reparação dos valores gastos com locação.

publicidade:

Informação

Em relação aos danos morais, são de valor bem variável. É o sofrimento da vítima e a demonstração disso que vai fazer com que um juiz fixe o dano moral num determinado valor. No caso de morte, por exemplo, há um abalo moral grande por parte da família da vítima, o que gera um dano moral mais elevado.

Por fim, o recebimento de seguro DPVAT é comum nos casos de morte e invalidez permanente, mas também podem ser reembolsadas despesas com tratamento médico, decorrentes do acidente. Em sendo negado o pagamento do seguro a vítima pode buscar socorro da justiça para receber o que é devido.

Como Receber Danos

Para receber por danos oriundos de acidente de trânsito você deve primeiramente providenciar a ocorrência policial, e tendo o boletim de ocorrência em mãos procurar um advogado para interpor uma ação judicial contra o outro motorista para cobrar gastos do conserto do veículo, gastos médicos e lucros cessantes.

O advogado pode ser particular ou você pode procurar o juizado de pequenas causas do seu município. Há também a defensoria pública de cada município. Sendo que os processos nas pequenas causas são julgados rapidamente.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook