Atualizado em: 24 agosto 2011

Fotos da pequena bebê Maggy e Gracie, a cadela gigante

A linda história de Maggy, uma pequena bebê que ao nascer conhece Gracie, a cadela fiel companheira de sua mãe.

O Amor pelos animais é algo incondicional que nasce sem que percebamos. Muitas pessoas simplesmente vivem e lutam por uma causa a favor dos animais, mostrando o quão fiéis e sinceros eles são, merecedores do nosso carinho assim como qualquer ser humano.

Amor Canino

O amor pelo bichinho de estimação pode ser visto em diversas famílias que acabam registrando momentos assim, momentos eternos que demonstram o quanto aquele animal também faz parte da família. Quando uma família está prestes a ganhar um novo membro, a preocupação com relação a reação do bichinho com a chegada do bebê é extremamente normal, mas não causa muitas preocupações. Muitas famílias possuem crianças e seus bichinhos de estimação, normalmente pequenos ou quando são grandes, não entram em contato com o bebê enquanto ele não crescer o suficiente. Foi diferente com Maggy e Gracie.

publicidade:

Maggy e Gracie

A fotógrafa Erin, em um dia qualquer, descobriu que estava esperando um bebê, junto com a notícia vieram outras preocupações, mas e Gracie? Gracie é a cadela da fotógrafa Erin da raça dogue alemão, a raça considerada a maior do mundo. Após saber que estava grávida, Erin sabia que iria ter uma longa caminhada para adaptar a sua cachorra fiel companheira de 7 anos a chegada de um bebê.

Quando Maggy, a filhinha de Erin nasceu, Gracie foi levada para a casa dos pais de Erin, que também são amantes incondicionais de animais e possuem um carinho enorme pela cadela. Após uma semana, Gracie voltou pra casa e deu de cara com mudanças. Desconfiada, Gracie assim que voltou para casa percebeu que havia algo de diferente, andava, cheirava os cantos, cheirava as fraldas e percebia a presença de alguém novo na família.

As primeiras semanas foram passando e não foram nada fáceis, Gracie já não era a mesma. A cachorra de estimação dormia em lugares diferentes, em posições nada convencionais e já não tinha o mesmo entusiasmo de antes. Isso começou a deixar Erin preocupada e se sentindo culpada por não poder dar a mesma atenção a Gracie como antigamente, em vista que passava a maioria do seu tempo cuidando da pequena Maggy. O tempo foi passando, e Gracie como mágica foi estranhamente entendendo a importância que Maggy tinha e os cuidados que ela precisava receber. Desde então, Gracie e Maggy são companheiras inseparáveis e possuem uma linda convivência. Convivência essa que não poderia passar batido e que foi registrada pela fotógrafa Erin, mãe da pequena Maggy e mãe da grande Gracie.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook