Atualizado em: 14 setembro 2012

Samba Enredo Rio 2013: Academicos do Salgueiro - Letra e Música

Saiba mais sobre o processo de escolha do samba enredo da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, as datas, endereço e o enredo desenvolvido pelos carnavalescos.
Você Sabia?
A Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro está realizando um processo eliminatório para escolher o samba enredo para o desfile de 2013!

Acadêmicos do Salgueiro uma das Escolas de Samba mais antigas do Rio de Janeiro.

O Grêmio Recreativo Acadêmicos do Salgueiro, escola de samba vice-campeã do carnaval da cidade do Rio de janeiro, pelo Grupo Especial, no ano de 2012, implantou uma nova forma de escolher o samba enredo para o ano de 2013.

A escolha do samba enredo para o carnaval de 2013 da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, será feita através do voto da comunidade da escola, na grande final da eleição.

publicidade:

Sobre as Eliminatórias

As eliminatórias ocorrerão sempre em quartas-feiras, nos dias 26 de setembro, além do dia 3 e 10 de outubro de 2012. Sendo que as eliminatórias ocorrerão na quadra da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, que se localiza na Rua Silva Teles, 104-Andaraí – Rio de Janeiro.

Nas datas acima os sambas enredos concorrentes serão apresentados à comunidade do salgueiro e ocorrerá então a eleição pela população do melhor samba enredo. Sendo que a Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro,modernizou o controle dos integrantes da escola, que ao invés de carteirinhas de papel, terão cartões eletrônicos.

Autor do Enredo

Para o Carnaval de 2013 a Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, vai apresentar o enredo “Fama”- desenvolvidos pelos carnavalescos Renato e Márcia Lage.

Letra do Enredo desenvolvido pelos carnavalescos Renato e Márcia Lage:

Num dia perdido na Antiguidade
Um cara sacou com sagacidade
Que o tempo passa e a vida é breve
– Vou deixar a minha marca
mesmo que ela seja de leve
Então faraó faz da tumba moradia
Vestiu-se de múmia, a sua fantasia
E assim se tornou peça de museu,
Atua no cinema pra dizer que não morreu
A Fama atrai os conquistadores
O Grande Alexandre cortejou os escritores
Mandou os poetas divulgarem o que ele fez
E assim na história ele teve a sua vez

Ora se esconde, ora se revela
A máscara no rosto é uma interrogação
Não sei se a mocinha é princesinha bela
Se diz uma mentira, e tem cara de fera!

E lá na Europa, um nobre de bom trato
Chamou o pintor pra fazer o seu retrato
e Luís Quatorze entrou pra galeria
E o três por quatro ganhou a freguesia
É muito importante saber que eu existo
Os Beatles seriam mais famosos do que Cristo?
John Lennon pirou numa onda brava
Tem caras tão famosas quanto
a foto de Che Guevara
Calma Beth! Não vou jogar confete
Eu vou criticar você e lançar na internet

Se quer estar bem na foto tipo modelo fashion
que tal umas comprinhas no photoshopíng?
boca, olho, nariz e “mucho más”
você vai se transformar numa sereia TOP!

Deixe que a fama te leve e afama
Deixa ela falar, que é que tem
Vou brilhar
Eu estou fazendo tudo para aparecer
Que tal bater a foto assim juntinho com você?

Há mais de vinte anos
Já conto as linhas do tempo
Minha marca já deixei, e com isso me contento
Fama que não se contesta
Já virei “arroz de festa”!

Mas é preciso ter cautela
Pra “mosca azul” não te picar
Porque na vida é assim
Um sobre e desce sem parar

e na televisão, na revista ou no jornal
A fama disputa lugar no carnaval
Apenas, diferente, eterno e guerreiro
Quem corre mundo afora é a fama do Salgueiro!

Vídeo do Samba Enredo Acadêmicos do Salgueiro

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook