Atualizado em: 23 fevereiro 2012

Confusão na apuração do carnaval pode acarretar na perda de verba pública

Kassab ameaça cortar a verba pública que é disponibilizada para o carnaval caso os responsáveis pelas confusões no carnaval de São Paulo não sejam punidos
Você Sabia?
Neste ano de 2012 a prefeitura disponibilizou um valor que chega a R$ 23 milhões para o carnaval de São Paulo. Esse dinheiro serve para que as agremiações carnavalescas cubram despesas com as alegorias, fantasias e o desfile de modo geral, o que falta as escolas alcançam através de patrocínio.
publicidade:
Gilberto Kassab

Gilberto Kassab promete cortar verba pública para o Carnaval (Foto: Divulgação)

Como foi visto e ouvido anteontem através de vários meios de comunicação, ocorreu um tumulto durante a apuração do carnaval de São Paulo. Enquanto o responsável por anunciar as notas divulgava as do último quesito, um homem, suposto dirigente da escola de samba Império de Casa Verde, invadiu a área restrita dos jurados e rasgou os envelopes que ainda seriam lidos. Kassab ameaçou e disse que verba púbica para o carnaval poderá ser cortada.

Depois de toda a confusão, a Liga das Escolas de Samba de São Paulo anunciou a grande campeã do carnaval 2012, a Mocidade Alegre levou o título.

publicidade:

Na manhã desta quarta-feira o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab se pronunciou em uma coletiva dada à imprensa e disse que no momento aguarda a investigação da Policia Civil, que está responsável por conduzir o caso.

Kassab afirma que quer saber se os dirigentes das escolas de samba estão envolvidos com o ocorrido, caso isso seja provado, ele exigirá que as escolas sejam devidamente punidas pela Liga, e se isso não ocorrer a verba púbica para o carnaval será cortada.

publicidade:

Em um de suas declarações o prefeito insiste que “os recursos púbicos não podem ser repassados a uma entidade que comete ilegalidade”.

Atualmente a prefeitura disponibiliza um valor que chega a R$ 23 milhões para o carnaval de São Paulo e Kassab ainda falou que exige que a segurança, a partir dos desfiles das campeãs, que será realizado na próxima sexta-feira (24), seja agora de responsabilidade da própria prefeitura. Antes quem fazia isso era a Liga, caso a segurança não passe a ser feita pela prefeitura, o prefeito ameaça cortar a verba pública para o carnaval.

A declaração de Kassab foi a seguinte, “A questão da segurança será rediscutida contratuamente. Seja na apuração ou no dia do evento”.

Diante de vários problemas encontrados, Kassab espera que as falhas que aconteceram esse ano, principalmente com o credenciamento que dá acesso à apuração, sejam com essas medidas evitadas.

Veja as imagens do tumulto no Carnaval 2012 – SP

Tudo que se vê nas fotos é o tumulto causado durante a apuração do carnaval de São Paulo. A partir do momento em que os integrantes da escola acabam com a ordem do local, o público tem reação semelhante, a polícia interveio e o prefeito Kassab exige punição aos culpados, caso contrário ele irá cortar a verba púbica destinada ao carnaval.

Tumulto no carnaval ameaça perda de verba púbica (4)Gilberto Kassab

Você também vai gostar disso!

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook