Atualizado em: 23 agosto 2013

Técnica mais eficaz para estudar para o vestibular

Saiba aqui como desenvolver melhor uma estratégia de estudo através das técnicas de aprendizagem mais eficientes
Você Sabia?
Que até o início do século XX, as universidades brasileiras eram ocupadas por estudantes de colégios tradicionais como o Dom Pedro II
15153944

É necessário voltar às marcações e estudá-las usando estratégias eficazes

O ato de realizar o destaque de várias palavras chaves em um texto, ou ainda escrever resumos, fazer e refazer exercícios são várias das estratégias utilizadas por estudantes. E com isto qual é a eficiência destes tipos de técnicas?

Em um estudo realizado recentemente, foram identificadas as melhores alternativas de técnicas de estudos por sua facilidade e propriedade de aplicação, o que apresenta diversas recomendações no que diz respeito a toda a efetiva utilidade dos processos determinantes.

publicidade:

Técnicas para Estudos de Vestibular

Faça resumos

A produção de um novo texto com foco no novo assunto mais curto e que identifique as idéias diferentes e mais importantes no texto poderão se conectar. Com isto bons resumos poderão identificar todos os pontos importantes e poderão ainda capturar as idéias centrais, excluindo ainda os materiais que foram considerados repetitivos.

A avaliação ainda poderá ser uma boa técnica para estudantes que já tem domínio no processo de resumir textos. Normalmente as crianças e alunos de ensino médio e mesmo de graduação precisam ter treinamentos bastante extensivos para a produção de um bom resumo.

Sublinhar os Trechos dos Textos

Este é um procedimento bastante adotado e interessante de ser utilizada, e se trata de selecionar informações que deverão ser importantes para um texto. A avaliação deverá acontecer na maior parte das situações examinadas, destacando assim os trechos, bem como a melhora e também um pouco de performance poderá ajudar bastante em textos mais difíceis. Apesar disto poderão atrapalhar toda a compreensão para as tarefas que venham a exigir que os estudantes possam fazer as chamadas inferências.

Palavras chave Mnemônicas

Estas consistem em abrir listas de palavras que venham a se relacionar com o objetivo de as memorizar. Com isto é possível se criar imagens mentais que poderão ser utilizadas para estudar vocabulários de língua estrangeira por exemplo, ou ainda para decorar capitais de estados, a ordem dos planetas ou mesmo toda a compreensão dos textos. Este tipo de avaliação é útil para conteúdos mas não é bem eficiente nos termos de tempos necessários.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook