Atualizado em: 23 setembro 2011

Sagarana - Resumo

Veja neste artigo, o resumo do livro “Sagarana” de Guimarães Rosa

Sagarana, publicado em 1946, é considerada uma obra-prima da chamada produção “roseana”. Nela, o autor, além de aproveitar a linguagem regional, une o uso do idioma brasileiro ao europeu, recurso observado já no título do livro, “SAGARANA”, formado pelo radical germânico, “SAGA”, que significa “canto heróico” e pela palavra indígena, “RANA” que significa “a maneira de”.

O livro é uma coletânea de nove sagas, ou seja, de histórias folclóricas e épicas recheadas de neologismos criados pelo autor.

publicidade:

Resumo

No conto O burrinho pedrês, o narrador relata a saga do burrinho Sete-de-Ouros que, por falta de opção, é destacado para levar a boiada vendida pelo Major Saulo. Entre os vaqueiros, que faziam parte da comitiva, estava Silvino que queria matar Badu por causa de uma moça.

Após uma tentativa fracassada, Silvino planeja matar Badu depois da travessia do rio. Por Badu estar tão bêbado, os outros vaqueiros o deixaram com o burrinho Sete-de-Ouros que o salva, enquanto oito vaqueiros, inclusive Silvino, morrem ao atravessar o ribeirão.

A Volta do marido pródigo conta a história de um malandro chamado Lalino Salathiel que depois de abandonar a esposa para se divertir no Rio de Janeiro, consegue recuperá-la.

Em Sarapalha há duas histórias interligadas. Na primeira, Argemiro que estava atacado pela febre assim como o primo Ribeiro, é expulso por este da fazenda em que viviam por confessar que estava apaixonado pela esposa do primo. A segunda história narra o momento em que a esposa de Ribeiro foge com um vaqueiro.

No conto Duelo, Turíbio mata por engano o irmão do amante de sua esposa, o militar Cassiano. Cassiano passa a perseguir Turíbio em uma inversão de papéis, mas, tendo o coração fraco, acaba morrendo. Turíbio que pensava estar salva é morto por um capiau que prometera vingança a Cassiano.

Minha gente trata de uma troca de casal que tem um final feliz.

Em São Marcos, o autor narra a história de um homem que fora obrigado a rezar a perigosa e sacrílega oração de São Marcos para se livrar de uma feitiçaria.

No conto Corpo Fechado, Manuel consegue que o curandeiro lhe faça um feitiço e quanto sai á rua para duelar com Targino, para espanto de todos, vence o duelo matando Targino com uma faquinha.

Em Conversa de bois um menino maltratado pelo amante de sua mãe, já que era órfão de pai, recebe ajuda dos bois que passam a se identificar com o sofrimento do menino.

O último conto do livro é A hora e a Vez de Augusto Matraga cujo resumo pode ser lido aqui.

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook