Atualizado em: 21 abril 2012


Revolução Francesa: Causas e Consequencias

Saiba um pouco sobre como se deu a Revolução Francesa e pelo que lutavam seus ativistas diretos.
Você Sabia?
No período da Revolução Francesa a França passava por uma crise financeira das bravas, a causa de tudo isso era a exploração dos ricos com relação aos pobres, não haveria momento melhor para esclarecer ao povo que aquela situação deveria terminar ali.
Revolução Francesa

Revolução Francesa: uma luta da classe operária contra o poder monárquico. (Foto: Divulgação)

A Revolução Francesa foi um marco e divisor de águas da história da França enquanto país monárquico, o regime era muito autoritário e consequentemente prejudicial aos pobres.

A luta por direitos igualitários e a busca por uma economia mais justa fez com que pobres desempregados, comerciantes de menor porte e camponeses se revoltassem contra o clero e a nobreza, que obtinham o dinheiro dos primeiros através do pagamento de impostos.

Causas

No ano em que aconteceu essa revolução, em 1789 o país estava dividido entre o clero, que representava o primeiro estado, depois vinha a nobreza, o segundo estado e por fim o povo que pertencia ao terceiro estado.

Os que faziam parte do clero e da nobreza recebiam privilégios como a isenção do pagamento dos impostos, e quem arcava com tudo isso eram os menos favorecidos, logo o povo. Sendo assim, com o passar do tempo esse terceiro estado acordou.

As ideias de iluminismo ganhavam força, pregava-se a independência econômica e contra a maneira do poder monárquico de fazer política. A classe operária francesa estava revoltada com a situação e se rebelou contra os que eles julgavam abusadores do poder.

Consequências

Fim da monarquia

Fim da monarquia e do abuso de poder do clero e da nobreza. (Foto: Divulgação)

O processo da Revolução Francesa foi tão intenso que seu resultado favoreceu a classe que lutava por direitos mais humanos, seu fim estabeleceu a Idade Contemporânea e acabou com o regime de servidão feudal.

Um lema que ficou muito conhecido na França e é lembrado pelo mundo todo sempre que esse tema entra em pauta é: Liberté, Egalité, Fraternité, que em português quer dizer Liberdade, Igualdade e Fraternidade, por Jean-Jacques Rousseau.

Depois dessa alteração no quadro social da França muitos regimes passaram por ali, o povo francês passou por ditadura, repúblicas, impérios e monarquia e nos dias atuais caminha, pelo menos, por uma trilha menos perversa.

Muitos morreram, mas os sobreviventes e as gerações que vieram posteriormente puderem ver uma França totalmente diferente, transformada em um lugar um tanto melhor para se viver.

Assista a uma aula dinâmica


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook