Atualizado em: 25 abril 2015

O Santo e a Porca Resumo

Veja neste artigo, o resumo da obra “O Santo e a Porca” de Ariano Suassuna

O Santo e a Porca é uma peça teatral de caráter cômico escrita no ano de 1957 por Ariano Suassuna. A peça aborda o tema da avareza através de uma narrativa próxima à literatura de cordel e dos fogueados nordestinos. A obra não é uma produção original do autor. O próprio Suassuna afirmou que ele fizera uma adaptação da peça Aululária escrita por Plauto, um escritor latino que viveu antes de cristo. Mas devido sua belíssima releitura, contextualizada à realidade nordestina e com uma trama mais complicada, o texto é considerado uma peça original e suprema.

Resumo

A fábula narra a história de um velho avarento devoto de Santo Antônio, conhecido como Euricão Árabe, que esconde em sua casa uma porca lotada de dinheiro. Os fatos acontecem na sala da casa de Eurico onde há uma estátua de Santo Antônio ao lado de uma antiga porca de madeira recheada de dinheiro, mas cujo conteúdo ninguém conhece ou desconfia, pois Eurico sempre se fazia de pobre e coitado.

publicidade:

Em sua casa vivia sua filha Margarida, sua irmã Benona, a empregada Caroba e, há algum tempo, Dodó, filho do rico fazendeiro Eudoro, que se fingira de coitado para ficar próxima a sua amada Margarida, a quem namorava as escondidas. Toda a confusão inicia-se com uma carta enviada a Eurico por Eudoro, através de Pinhão, noivo de Caroba, dizendo que iria visitá-lo para pedir seu bem mais precioso.

Eurico fica apreensivo imaginando que Eudoro vem em busca de sua porca enquanto Caroba, percebendo que o fazendeiro viria pedir a mão de Margarida, engendra um plano para ganhar um dinheiro extra para se casar com Pinhão, para Margarida e Dodó se casarem e para Eudoro casar com Benona, pois, os dois foram noivos no passado.

Caroba convence Eurico, em troca de uma comissão, a tirar vinte contos de reis de Eudoro antes que este lhe peça qualquer dinheiro e convence Benona de que Eurico irá pedir sua mão em casamento.

Quando Eudoro chega para pedir a mão de Margarida, Caroba a tranca no quarto e corre para também trancar Benona. Caroba sai vestida de Margarida e recebe Eudoro.

Dodó vê a empregada, mas pensa que é Margarida, então, sem explicar-lhe nada, Caroba o tranca no quarto junto com Margarida.

Em seguida Caroba se veste com as roupas de Benona e recebe Eudoro, insinuando-se para ele que, novamente, fica interessado na antiga noiva. Caroba então o leva para o quarto de Benona e o tranca junto com a ex-noiva.

Caroba e Pinhão se trancam em outro quarto e Dodó e Margarida ao sair são surpreendidos por Eurico que acredita que o rapaz está querendo lhe roubar a porca.

Com o barulho, Benona e Eudoro e Caroba e Pinhão saem do quarto juntos e felizes, enquanto Eurico expulsa os três casais ao descobrir que o dinheiro da porca não tem mais valor.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook