Atualizado em: 29 setembro 2011

Mensagem - Resumo

Veja neste artigo, o resumo da obra “Mensagem” de Fernando Pessoa

O poeta Fernando Pessoa tem grandes obras publicadas em nome de seus heterônomos, mas Mensagem é a obra mais importante publicada em nome do próprio Fernando Pessoa e, também, a única publicada em vida.

O livro é uma coletânea de 44 poemas que exaltam Portugal, D. Sebastião e as grandes navegações, através de uma poesia considerada épica por celebrar heroicamente mitos coletivos, irônica por celebrá-los de forma demente e irreal, baseado na própria loucura das personagens, e lírica por sempre exprimir um eu-lírico poético.

publicidade:

Resumo

O livro está organizado em três partes de forma a compor uma epopéia fragmentada: o Brasão, o Mar e o Encoberto.

Em Brasão, capítulo que simboliza a nobreza, as glórias portuguesas e as figuras políticas da época são exaltadas.

Em Mar Português, os poemas remetem-se às grandes navegações e às conquistas marítimas do reino de Portugal.

Em O Encoberto, Fernando Pessoa rememora todo o misticismos em cima da figura de Dom Sebastião, desaparecido em Alcácer Quibir em 1578, que retornaria glorioso.

Fernando Pessoa frequementemente também cria uma intertextualidade entre sua obra, Mensagem, e a obra de Camões, Os Lusíadas, retomando episódios desta epopéia.

 

II. OS AVISOS

PRIMEIRO / O BANDARRA

Sonhava, anónimo e disperso,
O Império por Deus mesmo visto,
Confuso como o Universo
E plebeu como Jesus Cristo.

Não foi nem santo nem herói,
Mas Deus sagrou com Seu sinal
Este, cujo coração foi
Não português, mas Portugal.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook