Atualizado em: 6 julho 2011

João Cabral de Melo Neto - Obras e Biografia

Conheça a história do poeta que poderia ganhar o Prêmio Nobel de Literatura, mas acabou morrendo antes disso.

Apesar de ser menos popular do que os demais autores e escritores, talvez por ser mais atual do que os demais, João Cabral de Melo Neto tem uma enorme importância devido a sua contribuição na literatura brasileira. Além de escrever poesias, João era um diplomata brasileiro, e representava o país aonde quer que fosse. Ele inaugurou uma nova forma de fazer poesia aqui no Brasil, que é a questão rimas toantes, rigor estético, enfim uma poesia mais popular do que se era acostumado.

Biografia

Nordestino da cidade de Recife, Pernambuco, João Cabral nasceu no dia nove de janeiro de 1920 e não tinha como ter outro futuro, a não ser de poeta, afinal, era filho de Luiz Antônio Cabral de Melo e de Carmem Carneiro-Leão Cabral de Melo. E Primo, pelo lado paterno, de Manuel Bandeira e, pelo lado materno, de Gilberto Freyre. Dois dos maiores escritores da literatura brasileira, superconsagrados.

publicidade:

Membro da Academia Pernambucana de Letras e da Academia Brasileira de Letras, recebeu vários prêmios literários devido às suas poesias, a tudo que escrevia.

Seu primeiro livro foi publicado em 1942, chamado “Pedra do Sono”. E passa a ser um dos intelectuais que se reuniam no Café Amarelinho e Café Vermelhinho, no Centro do Rio de Janeiro. Isso, porque fora nomeado Assistente de Seleção do DASP (Departamento de Administração do Serviço Público).

Depois de publicar várias outras obras como poderão ver logo abaixo e casar-se duas vezes – com Stella Maria Barbosa de Oliveira Stella Maria Barbosa de Oliveira, com quem teve os filhos Rodrigo, Inez, Luiz, Isabel e João e com a poeta Marly de Oliveira – João morre em 1999. Especulava-se que era um forte candidato ao Prêmio Nobel de Literatura.

Obras:

  1. Pedra do Sono (1942)
  2. Os Três Mal-Amados (1943)
  3. O Engenheiro (1945)
  4. Psicologia da Composição com a Fábula de Anfion e Antiode (1947)
  5. O Cão sem Plumas (1950)
  6. O Rio ou Relação da Viagem que Faz o Capibaribe de Sua Nascente à Cidade do Recife (1954)
  7. Dois Parlamentos (1960)
  8. Quaderna (1960)
  9. A Educação pela Pedra (1966)
  10. Morte e Vida Severina (1966)
  11. Museu de Tudo (1975)
  12. A Escola das Facas (1980)
  13. Auto do Frade (1984)
  14. Agrestes (1985)
  15. Crime na Calle Relator (1987)
  16. Primeiros Poemas (1990)
  17. Sevilha Andando (1990)
  18. Tecendo a Manha (1999)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook