Atualizado em: 24 outubro 2011

Inconfidências Mineiras – Uma História Privada da Inconfidência - Resumo

Veja neste artigo, o resumo da obra “Inconfidências Mineiras – Uma História Privada da Inconfidência” de Sonia Sant’Anna

Inconfidências Mineiras é uma obra que narra a história da História, pois, como descendente dos inconfidentes, Sonia Sant’Anna relata os acontecimentos da Inconfidência Mineira do ponto de vista daqueles que a viveram.

Através de sua avó Dolores, a autora, apaixonada por livros e por História, descobre que sua família é descendente de Iria e Barbara Eliodora que participaram de uma tal “revolução mineira” e então decide escrever a obra, publicada em 1938.

publicidade:

A narrativa é considerada uma perfeita interação entre ensaio histórico e narrativa literária.

Resumo

O livro conta como as filhas do casal Bueno e Silveira, Iria e Bárbara Eliodora, viviam e como elas se envolveram com a revolta. Ao longo do enredo vamos conhecendo os inconfidentes com quem as irmãs possuíam contato, além de poetas como José Alvarenga Peixoto, Tomás Antônio Gonzaga, entre outros.

A maioria das personagens da época estava endividada, devido o fim do ciclo ouro e da proibição imposta por Portugal de fabricar produtos produzidos na metrópole.

O livro também fala de uma sociedade, que apesar das dificuldades financeiras, vivam de aparência, das diversas traições entre amigos, de filhos ilegítimos e da violência oficial existente no período.

Tiradentes nem se configura como personagem central, mas ao longo da narrativa é possível entender porque ele fora o único dos inconfidentes a ser punido com a morte.

A narrativa inicia com as lembranças de Iria após descobrir a morte da irmã Barbara.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook