Império Romano: Resumo

A Crise imperial foi um dos pontos que assinalou o Confronto entre os Bárbaros e os romanos, durante o Império Romano (Divulgação)

Um estado que passou a se desenvolver a partir da Península Itálica, o Império Romano ficou caracterizado por sua forma autocrática de governo e também por suas grandes propriedades territorial no Mediterrâneo e Europa. Os 500 anos de idade que a mesma possuía anteriormente foram enfraquecidos pelas guerras civis que acabaram com a população local.

Julio Cesar, o Ditador

Muitas datas são conhecidas como marco transitório nessa fase, como por exemplo a indicação de Julio Cesar como o ditador perpetuo (44 a.C), ou então a vitoria de seu herdeiro Otaviano na batalha de Áccio aos 02 de setembro de 31 A.C, ou poderia ser ainda na data em que o senado romano entregou para Otaviano o titulo honorifico de Augusto, passando assim a utilizar de seus poderes para então referir ao Estado Romano para todos aqueles séculos que se seguiam.

Trajano, o Imperador

Sua extensão começou na época republicana, mas teve sua maior extensão alcançada sob comando do Trajano (Imperador). Isso porque durante o seu reinado, o Império Romano controlava exatamente 6,5 milhões de km². Devido a tanto espaço de terra, políticas de profundo estudo de idiomas foram implantadas, mas não somente isso. Estudos como arquitetura, religião, filosofia e até mesmo formas de governo através do expansionismo europeu foram desenvolvidas.

Invasão Bárbara

O declínio de império romano se deu através das invasões bárbaras. Teodósio I fora o ultimo conhecido historicamente a reinar sobre todas aquelas terras. Após sua morte, seus dois herdeiros Arcádio e Honório se dividiram e com eles, o pedaço de terra: Arcádio ficou com o Oriente, mantendo a capital Constantinopla e Honório com o Ocidente com sua capital de Mediolanum (onde hoje se situa a cidade de Milão). Tinham como idioma oficial: Latim, Língua fenícia, Latim clássico, Línguas celtas, Língua grega, Koiné, Língua siríaca, Aramaico , Língua copta e Latim vulgar.

Acima, as Ruinas Romanas no quarto século, onde Roma era comandada pelo Imperador “Constantino”. (Divulgação)