Atualizado em: 16 fevereiro 2012

Hipérbole - Figura de Linguagem

Figuras de linguagem são recursos da língua portuguesa que desviam das normas padrões para conferir uma maior expressividade à linguagem. Elas estão divididas em quatro: figuras de sintaxe (ou construção); figuras de palavras; figuras de pensamento e figuras de som ou harmonia.
Você Sabia?
A palavra “hipérbole” também aparece na Matemática. Na ciência exata, a hipérbole é um tipo de seção cônica definida como a interseção entre uma superfície cônica circular regular e um plano que passa através das duas metades do cone.

HipérboleA hipérbole é uma figura de pensamento que consiste no exagero. Através do uso de palavras ou expressões, a hipérbole recria orações e períodos que exprimem idéias que ultrapassam os limites da verdade, tanto para mais quanto para menos.

Luis de Camões, no poema “Lírica”, além de usar e abusar das antíteses e dos paradoxos, emprega a hipérbole em vários versos.

publicidade:

Observe abaixo, as hipérboles em destaque:

Tanto de meu estado me acho incerto,

Que em vivo ardor tremendo estou de frio;

Sem causa, justamente choro e rio,

O mundo todo abarco e nada aperto.

É tudo quanto sinto, um desconcerto;

Da alma um fogo me sai, da vista um rio;

Agora espero, agora desconfio,

Agora desvario, agora acerto.

Estando em terra, chego ao Céu voando;

Numa hora acho mil anos, e é jeito

Que em mil anos não posso achar uma hora.

Se me pergunta alguém por que assim ando,

Respondo que não sei; porém suspeito

Que só porque vos vi, minha Senhora.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook