Atualizado em: 18 outubro 2011

Qual a diferença entre Roubo e Furto

Roubar e furtar são dois crimes que acontecem diariamente em qualquer lugar do mundo, mas poucas pessoas sabem o que é o ato de furtar e de roubar
Roubar e furtar são dois crimes que acontecem diariamente em qualquer lugar do mundo, mas poucas pessoas sabem o que é o ato de furtar e de roubar, ou melhor, usam roubam para todas as situações, sendo que o furto existe e é um método muito usado, principalmente em transportes públicos e em ruas.

Roubo

O roubo está tipificado no artigo 157 do CP, que diz: “subtrair coisa móvel alheia, para si ou para
outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência”. Aqui diferentemente do furto, o ladrão aborda a pessoa, podendo machucá-la ou não.

Exemplo: acontece geralmente em assaltos. Você pode estar andando tranquilamente na rua, quando chega uma pessoa, te aponta um revolver, te ameaça e pede tudo o que você tiver de valor. Muitas vezes, há até agressão.

Furto

O furto está previsto no artigo 155 do CP, com a seguinte descrição: “subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel”. Em outras palavras, significa pegar alguma coisa de outrem, com a intenção de ficar com ela ou de dá-la a alguém. Sendo que ao pegar a coisa, o ladrão não vê qualquer impedimento porque ele fará isso escondido, sem ninguém ver na hora.

Exemplo: É muito comum alguém estar num transporte público lotado e guarda o seu celular num bolso da mochila ou da bolsa. Quando lembrar do celular e for procurá-lo você vai mais encontrar ele, porque alguém pegou-o sem que você percebesse. A mesma coisa acontece quando você chega na sua casa e ela estar muito bagunçado, faltando alguns objetos e móveis, isso será um furto.

Saiba mais sobre o Boletim de Ocorrência


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook