Atualizado em: 24 setembro 2011

Crescimento Populacional no Brasil

O crescimento populacional de um local acontece pelos fatores de migração e crescimento vegetativo, ou seja, é o que está relacionado com taxa de natalidade e mortalidade

O Brasil ocupa a quinta posição dos países mais populosos do planeta, estando atrás apenas dos seguintes países: China, Índia, Estados Unidos e Indonésia. O crescimento populacional de um local acontece pelos fatores de migração e crescimento vegetativo, ou seja, é o que está relacionado com taxa de natalidade e mortalidade.

publicidade:

Da década de 60 pra cá é importante perceber que houve um decréscimo no crescimento da população brasileira. Dizemos decréscimo não na diminuição dos números, mas sim, na questão de que se esperava um crescimento maior, o que acabou não acontecendo. Isso se deu por alguns motivos como a introdução e a paulatina difusão dos métodos anticonceptivos orais no Brasil. Vale lembrar que o controle populacional e bons índices em relação a expectativa de vida são características de países desenvolvidos, já que assim mostra que o país hoje oferece boas condições para a sociedade, no qual, tem vivido por muito mais tempo que antes.

De acordo com o IBGE, a fecundidade no Brasil foi diminuindo ao longo dos anos, basicamente como conseqüência das transformações ocorridas na sociedade brasileira, de modo geral, e na própria família, de maneira mais particular. Com isso, a fecundidade, em 1991, já se posicionava em 2,89 filhos por mulher e, em 2000, em 2,39 filhos por mulher. As PNADs 2006 e 2007 já apresentam estimativas que colocam a fecundidade feminina no Brasil abaixo do nível de reposição das Gerações (1,99 e 1,95 filho por mulher, respectivamente). Ao utilizar este conjunto de estimativas para projetar o nível da fecundidade, a taxa estimada e correspondente ao ano de 2008 é de 1,86 filho por mulher.

Saiba também sobre a Urbanização Brasileira

Tabela do IBGE

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook