Atualizado em: 4 julho 2011

Resumo do Barroco

O Barroco é um estilo artistico originado na Itália. Conheça sua história, características e obras.

 

Interior da Igreja São Francisco - Salvador -BA

Originado na Itália, o Barroco é um estilo artístico que se espalhou por todo o mundo, mais precisamente nos países católicos entre o século XVI E XVII. O estilo é considerada a continuação do Renascimento, já que ambos os movimentos compartilharam de um profundo interesse pela arte da Antiguidade clássica, mesmo que por meios diferentes. A grande diferença é que ao invés de procurar o equilíbrio entre o sentimento e a razão ou entre a arte e a ciência, que os artistas renascentistas procuram realizar de forma muito consciente; a arte barroca foca-se nas emoções e não no racionalismo da arte renascentista.

publicidade:

A principal característica do estilo barroco é a representação de dois extremos numa mesma obra, ou melhor, havia uma tentativa de conciliar forças antagônicas: bem e mal; Deus e Diabo; céu e terra; pureza e pecado; alegria e tristeza; paganismo e cristianismo;  espírito e matéria.

Por isso, era bem comum ver em quadro, por exemplo, a existência de pontos como citados acima, tornando-se assim, bem fácil de identificar uma obra barroca.

Além de ser representado em pinturas, o barroco é encontrado em esculturas, na arquitetura, literatura, teatro e música.

Características Gerais:

  1. – Apresentação de forças antagônicas: Bem e Mal, entre outros.
  2. – O emocional acima do racional
  3. – busca de efeitos decorativos e visuais, através de curvas, contracurvas, colunas retorcidas
  4. – contrastes de luz e sombra;
  5. – efeitos ilusionistas (impressão de ver o céu, devido a aparência de profundidade conseguida)

Algumas Obras: 

  1. Escultura: Narciso Tomé e filhos: El Transparente, altar na Catedral de Toledo; Detalhe de um Sacro Monte em Varallo Sesia; Pierre Legros: A Religião derrotando a Heresia e o Ódio, Igreja de Jesus, Roma;

    1. Prefeitura de Amsterdã

     

  2. Pintura: Bartolomé Esteban Murillo: Imaculada Conceição, 1678. Museu do Prado, Madrid; Caravaggio: A crucificação de São Pedro, 1600-1601. Igreja de Santa Maria del Popolo, Roma; Rembrandt: Lição de anatomia do Dr. Tulp, 1632. Mauritshuis, Haia
  3. Arquitetura e Urbanismo: Jacob van Campen: Prefeitura de Amsterdã; João Frederico Ludovice: Mosteiro e Palácio Real de Mafra
  4. Literatura (principais autores): Padre Antônio Vieira; Gregório de Matos , Bento Teixeiro Pinto, Manoel Botelho de Oliveira.
  5. Teatro: Karel Dujardins: Uma companhia de Commédia dell’Arte em um palco ao ar livre, 1657. Museu do Louvre; O Curral de Comédias em Almagro, um típico teatro espanhol do século XVII.
  6. Música: Ópera

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook