Atualizado em: 12 setembro 2011

A Mão e a Luva - Resumo

Veja neste artigo, o resumo da obra “A Mão e a Luva” de Machado de Assis

A obra a “Mão e a Luva”, segundo romance do consagrado escritor Machado de Assis, foi publicada em folhetim entre setembro e novembro de 1874.

No livro, o autor faz uma advertência ao leitor, desculpando-se por qualquer falha de estilo ou de composição, pois, como a obra, considerada pelo próprio autor como uma “novela”, fora publicada diariamente, havia uma urgência de publicação passível de erros e enganos.

publicidade:

E de fato, em comparação com outras obras do autor, como Memória Póstumas de Brás Cubas ou Dom Casmurro, percebe-se uma superficialidade maior, além da simplicidade de estrutura e, de certa forma, da previsibilidade do enredo.

O Livro é do período Romântico e gira em torno dos relacionamentos burgueses da época.

Resumo

Guiomar, a protagonista e heroína da história, planeja friamente e cuidadosamente ascender socialmente. Três homens, Estevão, Jorge e Luis Alves, disputam a mão da jovem órfã, de origens modestas, criada e protegida pela tia Baronesa.

Estevão é amigo e vizinho de Guiomar e já a ama há anos, mas é de origem simplória e modesta.

A Baronesa e a criada inglesa, Mrs. Oswald, têm como predileto, Jorge, homem superficial, indolente e primo de Guiomar.

Luís Alves possuía caráter ambicioso, sagaz e era candidato a deputado.

Guiomar, pesando as conveniências de cada candidato ao seu plano de ascensão, escolhe Luís a quem lhe coube como luva.

 

Guiomar, que estava de pé defronte dele, com as mãos presas nas suas, deixou-se cair lentamente sobre os joelhos do marido, e as duas ambições trocaram o ósculo fraternal. Ajustavam-se ambas, como se aquela luva tivesse sido feita para aquela mão.

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook