Atualizado em: 14 outubro 2013

Projeto de Lei proíbe MMA na TV – Entenda

Mesmo depois da popularização do MMA no Brasil, uma nova Lei deve surgir onde devera proibir a transmissão de lutas marciais não olímpicas na TV.
Você Sabia?
Que a lei surgiu para educar as empresas e cidadãos a investirem em cultura, e inicialmente daria incentivos fiscais.
mma_e_belforbisp_600

Proposta que proíbe MMA na TV gera polêmica

Recentemente foi divulgado um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados o que proíbe as emissoras de televisão de realizar a transmissão de lutas marciais que não sejam olímpicas. Caso este projeto seja aprovado os campeonatos de artes marciais como por exemplo o MMA poderão não ser veiculados aqui no Brasil.

A norma também incluiria o Ultimate Fighting Championship (UFC), o que seria o principal torneio mundial de MMA com seus mais de 1 bilhões de espectadores no mundo inteiro de acordo com a Comissão Atlética Brasileira de MMA.

publicidade:

Sobre o Projeto de Lei

O mais novo projeto de lei foi debatido na Câmara dos Deputados. E com isto o PL aguarda até mesmo aparecer da Comissão de Ciência e Tecnologia, bem como Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados e ainda tem que passar pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Casa para que possa ser aprovado.

De acordo com outras informações sobre o projeto de lei, existe uma previsão de multa onde a emissora que descumprir a lei deverá ter de pagar um equivalente a R$ 150 mil, e caso isto seja reincidente a multa irá dobrar de valor e ainda se houver a nova reincidência a emissora até mesmo perder o direito á concessão pública, perdendo direito a concessão e veiculação dos esportes. Apesar disto o PL iria Ainda excluir as lutas marciais consideradas não olímpicas e não violentas, com isto a capoeira poderia ser transmitida.

Informações

Segundo os organizadores é importante se tirar a luta da tv pois a única lição que ela poderá propagar é a violência. São diversos golpes violentos como joelhadas, golpes violentos no rosto, e ainda onde o sangue é o suor, como dizem inclusive os que gostam do mma.

Além disto os deputados responsáveis pelo processo negam que o projeto possa ser censurado e ainda compara a veiculação das lutas consideradas violentas e ainda a sua veiculação de propagandas de cigarro estas proibidas em revistas em jornais, outdoor e ainda televisão desde o ano 2000.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook