Atualizado em: 24 outubro 2011

Maga conquista o título de pior do Brasil

Com apenas 3 anos de vida, equipe catarinense tem números impressionantes que dificilmente vão ser batidos por um bom tempo.
Estádio do Maga

Maga recebe os seus adversários no estádio Gigante do Vale.

Depois de muito tempo, um novo clube ocupa o cargo de “pior time do Brasil”. Direto de Santa Catarina, o Maga, que tem três anos de existência, soma números que dificilmente vão ser batidos em um curto espaço de tempo. Em toda a história do clube, o Maga, da cidade de Indaial, soma 20 derrotas em 20 partidas disputadas. Além das derrotas, outro número que impressiona é o fato da equipe ter tomado 94 gols e ter feito apenas 4.

Sonho do presidente

Lúcio Rodrigues, que acumula a função de presidente e de treinador, diz que o objetivo é formar jogadores para depois lucrar com a venda dos atletas.Para jogar na Terceira Divisão de Santa Catarina, o presidente/treinador tira do bolso R$ 1, 500 para pagar as despesas de cada partida.

publicidade:

Com o dinheiro gasto nas despesas das partidas, Lúcio não tem verba para investir na contratação de jogadores. Como ele faz para montar a equipe? Fácil. O presidente revela que dá “oportunidade a pessoas que sempre tiveram o sonho de jogar profissionalmente e não conseguiram. Essas pessoas trabalham na cidade e só se apresentam no dia dos jogos”.

Goleiro da pesada

Com tantos gols sofridos em 20 partidas, toda atenção vai para cima da defesa da equipe. Com 120 kilos, o goleiro Junior se destaca por causa da sua falta de preparo físico. O atleta do Maga alcançou esse peso após ficar de molho por um tempo devido a um acidente de moto. Ciente da sua situação física, Junior explica o motivo de não ter emagrecido ainda. “Sei que estou pesado, mas não posso treinar porque todas as manhãs eu faço curso técnico de Agrimensura”, disse o atleta.

Goleiro do Maga, Junior ainda luta para emagrecer após acidente de moto

Goleiro do Maga, Junior ainda luta para emagrecer após acidente de moto

A profissão do goleiro

A profissão que Júnior cita e que tem tomado seu foco, a Agrimensura estuda comprovar a coincidência ou divergência entre as medidas que estabelece o título de propriedade, e as que efetivamente se dão sobre um terreno; significando tirar as medidas do campo.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook