Atualizado em: 14 fevereiro 2014

Caso Tinga: Racismo no Futebol Internacional

Confira abaixo informações sobre ato racista sofrido pelo volante Tinga, do Cruzeiro, em um jogo no Peru, onde ganhou repercussão no mundo
Você Sabia?
Que o racismo surge realmente nos séculos XVI e XVII, sobretudo neste último.
images (2)

Ato racista esta acontecendo em diversos países.

Sobre o Caso

Hoje em dia o racismo vem acontecendo com muita frequência, principalmente no futebol onde os alvos são os jogadores negros que sofrem muito com isso, e o caso mais recente foi do volante Tinga, do Cruzeiro que ganhou repercussão no mundo, onde a torcida do Real Garcilaso, do Peru, fez atos racista a este jogador durante o jogo da Copa Libertadores, uma atitude que foi reprovada pela presidente do Brasil Dilma Rousseff, e por todos que são fanáticos pelo futebol.

Informação:

Como tem chance da prática racista ocorrer em qualquer ocasião, o esporte tem sofrido muito com isso. Alguns jogadores, ou a própria torcida, agem de forma que denigre alguma pessoa, sejam por palavras ou atitudes.

publicidade:

A rivalidade entre times pode ser uma das explicações, mas alguns casos se tornaram tão polêmicos que atingiram em cheio a mídia e as pessoas pela revolta do ato completamente errôneo.

Casos de Racismo pelo Mundo:

Danilo e Manoel

Durante a competição Copa do Brasil, Palmeiras e Atlético Paranaense se enfrentavam pelas oitavas de final, quando os zagueiros Manoel, do Atlético-PR e Danilo, do Palmeiras, se desentenderam no campo.
Grafite e Desabato
racismo-grafite-size-620
Em um dos casos mais polêmicos do futebol, o jogador Grafite, que atuava pelo São Paulo, em 2005, foi alvo de ofensas racistas do jogador Leandro Desábato, do Quilmes, time da Argentina.
Tinga
Em 2005, o volante Tinga, do Internacional, ouviu ofensas racistas vindo da torcida do Juventude, pela disputa do Campeonato Brasileiro.
Marc Zoro
Em 2005, o jogador Marc Zoro protagonizou uma das cenas mais tristes do futebol. Na Itália, Inter de Milão e Messina se enfrentavam quando Marc Zoro ouviu músicas com teor racista por parte da torcida do time de Milão.
Júlio Silva
O brasileiro Júlio Silva, jogador de tênis, sofreu ofensas racistas do também jogador de tênis, o austríaco, Daniel Koellerer. Durante a partida Challenger de Reggio Emilia, na Itália, Koellerer teria dito em alemão “volta a floresta, macaco” e feitos gestos imitando o animal.

Vídeo sobre Racismo:

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook