Atualizado em: 12 fevereiro 2014

Brasileiros que foram jogar futebol nos Estados Unidos

O futebol americano começa a se consolidar nos Estados Unidos. onde muitos atletas Brasileiros de alto nível optam por jogar na MLS.
Você Sabia?
Que a ideia surgiu para aproximar os fanáticos por esportes nos Estados ... nas ligas de outros esportes que existiam antes da fundação da MLS.
juninho

Major League Soccer e a principal competição de futebol dos Estados Unidos

Você que gosta de jogar futebol, já pensou em algum momento jogar e ganhar um salário por isso? Esta é a grande realidade que um jogador nos Estados Unidos vivem durante 15 anos. Além disto é possível se ganhar uma bolsa de estudos em uma universidade dos Estados Unidos. Esta é uma realidade de muitos brasileiros que vão jogar futebol nos Estados Unidos e não se arrependem.

É interessante citar que as bolsas apesar de serem parciais são muito interessantes, existe uma bolsa de pelo menos 85% onde se tem uma economia de mais de 18 mil dólares nos cursos para o ensino de qualidade que se dispõe. Caso a carreira não vingue, o futuro diploma do jogador irá garantir um grande futuro dos jogadores fora dos gramados.

publicidade:

Quem joga nos Estados Unidos

Muitos dos jogadores são jogadores de categoria de base que não possuem sucesso na sua carreira e tentam entrar em times grandes mas não conseguem. Muitos alunos de universidades e que cursam Educação Física são convidados para fazer os testes nas universidades americanas, e isto é um processo que dá certo.

A rotina porém é bastante pesada, durante a manhã se tem de cumprir horários de estudos em bibliotecas e durante á noite participar de treinos com jogos todas as quartas e sábados. Os estudantes e atletas tem muito respeito nos Estados Unidos.

Sobre o Mercado Americano:

O mercado vem se abrindo para os sul americanos já que os Estados Unidos tem planos de ser a maior potência do futebol do mundo em alguns anos.

Para se ter ideia são pelo menos dez universidades que disputam os campeonatos, e existem pelo menos mais duas apenas com brasileiros, isto é uma ótima alternativa para investir no esporte, os processos de seleção acontecem sempre no mês de janeiro por isso invista na sua carreira.

Informação:

O futebol universitário americano vem trazendo um grande destaque com ótimos jogadores de vários países, e o investimento e toda a importância que dão ao esporte para as universidades muitas vezes poderá ultrapassar os investimentos e as importâncias que os clubes profissionais tem aqui no Brasil.

Jogadores que Jogam nos EUA:

Juninho (Los Angeles Galaxy)

Juninho é um meio-campista de 24 anos. Começou a carreira no São Paulo e ainda defendeu o Toledo, do Paraná, antes de chegar ao Galaxy em 2010.

Kléberson (Philadelphia Union)

Unico brasileiro na MLS que já foi campeão do mundo, em 2002. Com passagens por Atlético-PR, Manchester United, Besiktas, Flamengo e Bahia. Ainda é vinculado ao clube baiano, mas está emprestado ao Philadelphia Union este ano.

Digão (New York Red Bulls)

Digão é mais conhecido por ser irmão de Kaká, do Real Madrid. Zagueiro, jogou nas categorias de base do São Paulo, mas se profissionalizou no Milan

Luiz Camargo (Houston Dynamo)

O meia de 26 anos defendeu Mogi Mirim e Paraná antes de ir para os Estados Unidos em 2011. Na MLS, sempre atuou pelo Houston Dynamo.

Rafael Souza (DC United)

Atacante mineiro de 20 anos, é uma jovem promessa para a MLS. O jogador foi revelado e ainda tem os direitos vinculados ao Bahia, mas está emprestado ao time de Washington desde 2013.

Marcelo Saragosa (DC United)

Saragosa é um zagueiro matogrossense que abriu portas para o futebol brasileiro nos Estados Unidos e está na MLS desde 2004. Passou por Galaxy, FC Dallas e Chivas USA. Depois de duas temporadas no Azerbaijão, voltou à MLS para defender o DC United em 2012.

Raphael Augusto (DC United)

Meia de 22 anos revelado pelo Fluminense, ainda jogou no Brasil por Boavista, Duque de Caxias e América-RN. Está desde 2012 no DC United, mas ainda é vinculado ao tricolor carioca.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook