Atualizado em: 30 março 2011

O gigante Facebook

Facebook-officeO Facebook tem cerca de 600 milhões de usuários no mundo, e após sete anos de sua criação, gera centenas de milhões de dólares em receita por ano, segundo dados do Goldman Sachs.

De acordo com estatísticas divulgadas pelo Facebook no Social Media World Forum em Londres, Reino Unido, 50 por cento de seus usuários no mundo regressam todos os dias ao site. E 200 milhões acessam a rede social através de um telefone celular.

publicidade:

 

INVESTIMENTOS

A rede tem um grupo de investidores privados que já injetou centenas de milhões de dólares na empresa e viu o Facebook se valorizar, segundo a Goldman Sachs, até atingir a incrível cifra de 50 bilhões de dólares.

Mas o Facebook assegura que há dois anos, os lucros superam as despesas sem ajuda externa. Os investimentos, segundo dizem, serve apenas para crescer.

Há três pontas de lança que são as maiores geradoras de rendimentos para o site: publicidade, acordos com outras empresas e moedas virtuais.

 

PUBLICIDADE SOCIAL

A maior parte da contribuição para as finanças do negócio vem da publicidade. O Facebook trabalha com três tipos diferentes de anúncios no seu site:

  • Publicidade dirigida. Os anunciantes escolhem para que público sua publicidade vai aparecer.
  • Anúncios interativos. As empresas pedem que os usuários realizem algum tipo de ação na sua publicidade.
  • Anúncios contextuais. São os que mostram quais de nossos amigos gosta de uma determinada marca ou produto.

    Estima-se que somente em 2010, e incluindo apenas os dois primeiros métodos, a rede conseguiu arrecadar cerca de 800 milhões de dólares.

    Mas a publicidade contextual, que foi recentemente introduzida, poderá em breve ultrapassar esse número, de acordo com dados compartilhados pelo gerente de vendas do Facebook no Reino Unido, David Parfect.

    Segundo ele, essa publicidade é duplamente eficaz, pois os usuários confiam mais em seus amigos que nas empresas.

    “Se o usuário vê um amigo que gosta de um produto, ficam muitas vezes mais propensos a clicar sobre ele”, disse Parfect.

    Outra parte de sua renda vem de acordos com outras empresas como a Microsoft, que vende a publicidade na rede a partir de um acordo assinado pelas duas empresas em 2007.

     

    MOEDA VIRTUAL

    Mas a rede está estendendo seus braços para outras fronteiras. Uma das mais rápido cresce, é a moeda virtual “Facebook Credits”, que permite aos usuários transferir dinheiro para uma conta virtual que lhes permite comprar jogos, produtos virtuais ou presentes para os amigos.

    A rede não revelou quanto dinheiro faz com este modelo de negócio, mas analistas estimam que em 2011, há potencial para gerar mais de 100 milhões de dólares em lucros.

    O Facebook parece saber que nenhum negócio na internet tem seu futuro garantido, por isso eles estão diversificando seus negócios para gerar receitas em diversas áreas da esfera social, e enquanto isso, estão ganhando muito dinheiro.

    Você também vai gostar disso:

    Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook