Atualizado em: 29 setembro 2011

Manutenção em Extintores de Incêndio

O Inmetro exige o procedimento pelo qual um fornecedor dá garantia escrita de que um produto, processo ou serviço está em conformidade com requisitos especificados

Os extintores de incêndio estão por todos os lugares que estamos e vamos, mas o que precisamos saber é que eles merecem sim ter uma boa manutenção, caso contrário o extintor pode não estar adequado para ser usado quando for necessário no momento certo.

Algo interessante é que hoje o Inmetro exige o procedimento pelo qual um fornecedor dá garantia escrita de que um produto, processo ou serviço está em conformidade com requisitos especificados. Sendo assim, você sempre saberá, ou pelo menos, deverá se informar sobre o estado do extintor que estiver comprando.

publicidade:

Cuidados de Manutenção

– Os extintores de gás carbônico devem ser inspecionados semestralmente.  Os demais, anualmente;
– Quando o extintor de incêndio estiver submetido à  ação do tempo e à condições agressivas, merecem atenção especial quanto aos  prazos para inspeção mencionados no item anterior, que podem ser reduzidos em  razão do estado em que o extintor se apresentar;
– Não permita que pessoas e  empresas não habilitadas inspecionem seu extintor. Em caso de dúvida, ligue para  a Ouvidoria do Inmetro – 0800 285-1818 ou para os Institutos de Pesos e Medidas do seu estado (esta lista está disponível na primeira página deste site);
– Exija, da empresa que fará a manutenção, extintores substitutos para deixar no local, garantindo sua segurança e a do seu patrimônio e, também, a ordem de serviço devidamente preenchida e assinada pelo técnico responsável. Assim como a  relação das peças trocadas;
– Indicador de pressão: todos os extintores que possuem esse indicador devem ser verificados se o mesmo está na posição correta,  com o ponteiro na área verde, e
– O extintor não deve apresentar sinais de ferrugem ou amassados.

Há também alguns selos que dá para perceber se o extintos esteve em manutenção ou não. É bem simples, basta procurar os seguintes dados:

– a logomarca do INMETRO;
–  o número de série do selo;
–  a identificação da empresa que realizou a manutenção;
– a data da realização da manutenção; e
– a  identificação do Organismo de Certificação de Produto.

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook