Atualizado em: 16 março 2012

As 50 empresas com mais reclamações no PROCON de 2011

Orgão de defesa de São Paulo, o PROCON, anunciou listagem com 50 empresas com o maior numero de reclamações em 2011. Confira a materia e veja a listagem.
Você Sabia?
No final do século XIX, o movimento de defesa do consumidor, já sendo tratado com essa denominação, ganhou força nos Estados Unidos em virtude do avanço do capitalismo. Surgia o mundo industrializado e com isso algo que pudesse ser a voz do consumidor no mundo. O Código de Defesa do Consumidor é um marco.

Procon, lista das empresas que mais tem reclamações do consumidor em 2011. (Divulgação)

Em listagem divulgada na ultima quinta-feira (15), coloca as 50 empresas com mais reclamações no Procon-SP em 2011. Todos os dados foram divulgados devido os estudos feitos pelo proprio orgão de defesa do consumidor e pela Justiça de Defesa e Cidadania.

Eles fizeram questão de lançar essa tabela, para mostrar bem no dia que se comemora o “Dia Mundial do Consumidor“, as insatisfações dos clientes em relação as formas no atendimento e prazos determinados por elas.

publicidade:

Bradesco lidera ranking

O banco Bradesco é uma das empresas que estão na listagem, e ela é quem lidera a lista com fundamentos apontados pelas queixas e reclamações de consumidores ao PROCON em 2011. Na segunda colocação ficou o grupo B2W, empresa que é responsável por  administrar sites Submarino.com, Shoptime e Americanas.com.

As outras colocadas foram, Itáu-Unibanco, LG, TIM, Telefônica, OI, e Eletropaulo aparecem na lista das 50 empresas com mais reclamações no PROCON em 2011.

Bradesco lidera o Ranking, seguido da B2w e do Itaú nas empresas que recebem mais reclamações pelo PROCON. (SEMPRETOPS)

Durante todo o ano de 2011, foram analisadas consultas, orientações e queixas via PROCON e teve um registro alto de mais de 580 mil atendimentos, sendo que 33 mil foram reclamações fundamentais em 2011 para colocar a listagem as empresas e claro para que ela possam se readequar nos serviços de atendimento, orientações e de serviço ao cliente.

A Divulgação de todo o relatório de reclamações, atende ao artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor que determina que todos os órgão públicos mantenham o cadastro atualizado de reclamações contra seus fornecedores seja em produtos ou serviços.



Empresas se defendem

Liderando as reclamações na listagem, o Bradesco se pronuncio por meio de nota, onde disse que esta posição reflete a os apontamentos do Banco Ibi que agora está integrado ao Bradesco, e disse estar estudando uma forma de se alinhar aos padrões de qualidade.

A B2W também divulgou um parecer sobre a sua posição na listagem e disse já estar intensamente resolvendo as questões que impactaram seus clientes no ultimo ano. O Itaú, informou por nota, que a redução de quase 19% do volume de demandas foram tiradas e não gostou de estar na posição do ranking das 50 que mais recebem reclamações no PROCON.

A TIM informou quem vem desenvolvendo um trabalho por meio de ações preventivas para reduzir a grande demanda de clientes, e irá apresentar uma melhora continua em seus serviços.

Empresas com mais reclamações no PROCON em 2011TIMTelefonicaPanamericanoOILGItau-UnibancoCarrefourBradescoB2WProcon, lista das empresas que mais tem reclamações do consumidor em 2011. (Divulgação)Bradesco lidera o Ranking, seguido da B2w e do Itaú nas empresas que recebem mais reclamações pelo PROCON. (SEMPRETOPS)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook