Atualizado em: 4 outubro 2013

SEPE RJ - Entenda a Proposta e o Plano de Carreira

Atualmente a educação no Estado do Rio de Janeiro vive um momento de profunda crise, a maior de que já se ouviu falar em todos os tempos.
Você Sabia?
Que a educação oficial no Brasil começa em 15 de outubro de 1827, com um decreto imperial de D. Pedro I.
publicidade:
download (1)

SEPE significa Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação

Em um dia de uma série de tumultos, bem como diversos confrontos, bem como depredações e um grande vandalismo, a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovou recentemente um grande plano de cargos e salários dos professores existentes da rede municipal.

Com isto foram aprovados entre 36 votos a favor com apenas 3 votos contra. Com isto a comissão de Constituição de Justiça deverá ter pelo menos cinco dias para fazer a redação final e ainda encaminhar para toda a sanção do prefeito Eduardo Paes, este que tem até 15 dias para sancionar as leis.

publicidade:

Sobre a Greve

De acordo com o Sindicato Estadual de Profissionais de Educação do Rio (Sepe-RJ) foi afirmado que a greve da rede municipal somente irá chegar ao fim se for elaborado um novo plano de Cargos e Carreiras além de uma nova remuneração diferenciada para a categoria, que ainda não está de acordo com as necessidades dos profissionais. Com isto no dia 17 a prefeitura acabou encaminhando o plano que foi duramente criticado pelo sindicato, e a categoria realizou uma vigília em frente a câmara durante toda a semana para os protestos contra a votação dos novos planos.

Informações

Segundo o sindicato a ideia é retirar o plano e voltar a abrir negociações, segundo o sindicado os planos que são encaminhados para a câmara conseguem ser piores que os que estão em vigor atualmente. E com isto a greve apenas retornou porque a prefeitura realizou um plano que exclui um equivalente a 93% de toda a categoria. Com isto eles não querem mudanças de planos e sim a retirada do plano.

publicidade:

Foi criticado inclusive a posição da prefeitura em não negociar mais com o SEPE e enquanto não for decretado o final da paralisação. Segundo os sindicalistas quem não quer negociar é a prefeitura, sendo que a própria havia prometido em épocas de eleições os valores determinados, se comprometendo mais uma vez e quebrando com isto o seu compromisso. Caso não seja resolvido o processo a greve deverá continuar.

Você também vai gostar disso!

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook