Atualizado em: 21 maio 2012

Download do Livro Memorial de Aires de Machado de Assis

Em Memorial de Aires vem a tona um personagem de Machado de Assis que sempre aparece como coadjuvante, agora ele é a peça principal para o desencadeamento da história.
Você Sabia?
Machado de Assis estudou e aprendeu sozinho a falar alemão e inglês, durante sua juventude ele foi capaz de traduzir o livro "Os Trabalhadores do Mar", publicado em 1886, os escritos pertenciam ao autor Victor Hugo.
Memorial de Aires

Memorial de Aires, aqui os leitores poderão ler a história do conselheiro de Esaú e Jacó. (Foto: Divulgação)

Em seu último livro, Memorial de Aires de Machado de Assis foi publicado em 1908, ano em que o escritor faleceu. O personagem principal da história já esteve presente em outras obras do autor como conselheiro dos que aparecem nos enredos.

História

O conselheiro Aires resolve relatar sua história, contar um pouco sobre suas relações de amizade e também fala sobre um amor impossível, cuja idade o impedia de ser feliz ao lado da amada.

publicidade:

Em torno dele estão o casal Aguiar, a irmã Rita, o Desembargador Campos e a sua sobrinha Fidélia, a moça por quem o sexagenário sentia algo diferente, mas por conta de alguns fatores Aires não consegue se declarar, a moça era muita mais nova.

Fidélia é viúva e mora com o casal Aguiar que não tem filhos, seu pai não aceitou que a filha se casasse com o filho de seu rival político, portanto quando o marido faleceu ela não pôde voltar para os átrios da família, logo foi acolhida como uma filha.

Quem vive na casa também é Tristão, ele é afilhado do casal e praticamente um filho que os dois não tiveram, a convivência entre eles é tranquila e um paixão entre os a viúva e o rapaz nasce e é 100% aprovada pelo casal Aguiar.

Eles se casam, partem para a Europa, mas especificamente para Portugal, onde Tristão havia se candidatado a deputado. Ao final o casal Aguiar permanece triste pela perda dos dois filhos e o conselheiro Aires não tem o amor correspondido.

Por que ler?

Muitos não conseguem enxergar a importância que existem em ler qualquer tipo de material, principalmente os clássicos da literatura brasileira. É através do hábito da leitura que se torna possível desenvolver ainda mais o cérebro e acumular conhecimento.

A leitura aumenta o repertório de qualquer pessoa, melhora a escrita e o vocabulário e ensina um pouco dos estilos e escritores que existem à disposição do público. Leia e passe esse hábito ao seu filho, assim ele já crescerá um leitor e não terá de adquiri-lo.

Leia na íntegra – Baixe o livro

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook