Atualizado em: 14 setembro 2011

Esporte Educacional x Profissional: Saiba quais são as diferenças

O Esporte Educacional e o Profissional, ambos, são muito requisitados pelos que realmente amam o que fazem, porém, ao mesmo tempo em que se pareçam ter relação, há muitas situações distintas, leiam e saibam do que estamos nos referindo.

O futebol ou qualquer outro tipo de esporte, são coisas muito faladas e praticadas no Brasil e no mundo, não importa a situação, os brasileiros estão sempre querendo defender os times do Brasil, sendo profissional ou não, o que vale é torcer, jogando em um time famoso, ou não jogando, os esportistas sempre querem jogar, e aprender os truques mostrados por esta modalidade.

O Esporte Educacional e o Profissional

Existem vários tipos de futebol, mas ao juntarmos, todos são o mesmo, ou seja, o que queremos dizer aqui é, em alguns casos, os jogos são comprados, em outros, a galera joga para se divertir, e enfim, por outro lado, as pessoas jogam porque adoram tirar um contra, assim como é falado pelos atletas. Todos devem ter ouvido falar nas duas modalidade chamadas Esporte Educacional x Profissional não é, vamos antão falar um pouco sobre cada uma delas, para que saibam a diferença que há entre as duas.

publicidade:

Sobre o Esporte Educacional

Existe para cada setor, um jeito correto de ser trabalhado e jogado. Com certeza, vocês já devem ter jogado futebol valendo prêmios ou uma nota 10 na escola, caso o time ganhasse na aula de educação física não é, tem mais, quando se está para chegar as férias, os professores vão agilizando as provas, para que façam e em seguida, vão se divertir na quadra de futebol, isso é fato, e acontece com muitos.

Estamos falando aqui, sobre o esporte educacional, só o nome já diz, educacional, tudo à ver com a escola, com os estudos e com o ganho de experiência, algo que os jogadores profissionais sempre se empenham até chegar ao profissional.

O esporte educacional, resumidamente falando, é algo informal, você não ganha nada além de um selo de o melhor do bairro, da escola, ou da cidade, bem, quando chegar como o melhor da cidade, com certeza, poderá tentar no profissional.

Para finalizar este assunto, entenda, o futebol educacional, é algo que não se deve ter como profissão, podemos sim, através dele, ganhar campeonatos de inter classes, onde os times de cada sala disputam através de eventos de esporte, gincanas e festas de finais de ano, sendo assim, o prêmio fica por conta dos organizadores e responsáveis, como os professores de educação física enfim.

Concluindo, os pontos abordados através do educacional, as formas metodológicas podem ser utilizadas nas aulas, no caso, é algo que não se deve levar para o lado pessoal e profissional, á não ser que, você queira se uma vez por todas, ser um jogador de elite, e ganhar o seu dinheiro de uma forma merecedora, sendo assim, comece já, à comparecer as peneiras que existem próximas de onde você quer.

Sobre o Esporte Profissional

De forma bem mais ampla, os jogadores de futebol profissional, eles tem uma grande e ilustre carreira a ser seguida, são cobradas a cada instantes pelos seus responsáveis, desde o treinador, preparador físico, dentre outros mais, mas isso é o mínimo, eles também, tentam se empenhar ao máximo, para conseguir um título como um dos melhores.

Ser referência no futebol hoje em dia, até que pode acontecer, porém é necessário ultrapassar os ídolos atuais, profissionais altamente qualificados, que, antes mesmo de você pensar em jogar, os craques já estavam nas filas de espera nas peneiras formalizadas através das escolinhas mais próximas de onde moram.

O esporte profissional, não só em questões do futebol, é necessário buscar a perfeição, existem casos, em que as pessoas não estão preparadas mentalmente, porém já sabem fazer o que querem, e até demais em alguns deles, mas isso não é tudo, temos que saber, há uma grande diferença em, querer jogar, e estar preparado para atuar como profissional.

O esporte profissional, está em expansão no Brasil, na última década, muitos jogadores, lutadores e nadadores, e atletas em geral, já conseguiram ser referência através de outros países, competindo em lugares e em situações, muito importantes.

Segundo algumas pesquisas, parte da problemática da prática dos instrutores e Guias de escaladas, eles tem como objetivo final, propor um modelo de formação profissional que possa ser utilizado nesse processo.

As Diferenças

Para finalizar, em relação aos dois tipos de esportes, a diferença é, existe uma certa dedicação, horários, e limites. Sendo para o lado educacional, em qualquer lugar, à qualquer hora, e não ganhando o que se deve como profissional, vocês podem jogar à qualquer hora, podem desistir, e assim sendo, perder o jogo, e ir embora para a casa, mas sem dever, afinal, se você não ganha, também não aposta.

Em relação ao esporte profissional, é algo que todos os jogadores de times conhecidos e bem pagos sabem, são cobrados para ganharem o que ganham, são multados e afastados caso não cumpram com o combinado, seja uma quebra de contrato, algo que no educacional não há, seja através de desrespeito com outros jogadores e times oponentes, e por fim tudo isso faz a diferença.

No esporte educacional você não precisa ficar longe de sua família, viajando à trabalho, e ficando fora, durante muito tempo, não que seja ruim, mas, é algo que se deva pensar bem antes de conseguir a chance, e caso ocorra, parabéns, sendo um esportista profissional, você recebe o seu contrato, recebe patrocínio, muita regalia, mas não não poderá passar dos limites e regras que são impostas, entenderam!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook