Modificado em: 23 maio 2012

Era Vargas: Resumo e exercícios

Entenda mais sobre como foram os 15 anos de Getúlio Vargas no poder, saiba o que o presidente brasileiro fez de bom e ruim para o país.
Você Sabia?
Getúlio Vargas suicidou-se em agosto de 1954 dentro do Palácio do Cateto, o presidente deu um tiro no peito. Pouca coisa se sabe sobre o fato, o que dizem é que na época ele vinha sofrendo fortes pressões dos militares, da imprensa e da sociedade.
Era Vargas

Getúlio Vargas, o presidente do Brasil que esteve no poder durante 15 anos. (Foto: Divulgação)

A Era Vargas que ocorreu entre os anos 1930 e 1945 teve bastante transformações. O Brasil se viu mais forte, mais industrializado e consequentemente mais desenvolvido economicamente, mas nem só de alegrias viveu o país nessa época.

Entre 1930 e 1934 Getúlio Vargas era chefe de um governo provisório, somente em 1934 é que aconteceu uma eleição e ele foi eleito pelo voto direto do povo e nesse cargo permaneceu até o ano de 1937 a partir daí o Brasil veria um exímio ditador que esteve nessa condição até 1945.

Vargas tomou medidas do tipo: eliminou a constituição antes estabelecida, retirou governadores de seus cargos e os substitui por pessoas de confiança, desuniu os segmentos do poder legislativo e tomou conta deste e do executivo de uma só vez.

A frente dos governos dos estados brasileiros Vargas colocou alguns militares, é por isso que a Era Vargas ficou com a fama de ser rígida e realmente era. O papel dos tenentes era diminuir as forças dos poderes anteriores.

Os benefícios trazidos por Vargas

  • Justiça do Trabalho
  • Salário Mínimo
  • Leis Trabalhistas (CLT)
  • Companhia Siderúrgica Nacional
  • Vale do Rio Doce
  • Hidrelétrica do Vale São Francisco
  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
  • Campanha “Petróleo é Nosso”

A Revolução de 30

Foi em 1930 que Vargas comandou a revolução, derrubou o então presidente Washington Luis e conseguiu impor as suas regras totalmente nacionalistas e severas. Um exemplo do quanto a Era Vargas também foi prejudicial é a criação do DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) que visava controlar tudo o que saia nos jornais.

Outro ponto a ser destacado é o modo severo como tratou os presos políticos que lutavam para não viver aquele regime ditatorial, Olga Benário foi vitima das maldades do presidente, ele a mandou para o governo nazista e lá foi morta.

Exercícios com resolução

1 – (FUVEST) O Brasil recuperou-se de forma relativamente rápida dos efeitos da Crise de 1929 porque:

a) O governo de Getúlio Vargas promoveu medidas de incentivo econômico, com empréstimos  obtidos no exterior;

b) O país, não tendo uma economia capitalista desenvolvida, ficou menos sujeito aos efeitos da crise;

c) Houve redução do consumo e de bens e, com isso foi possível equilibrar as finanças públicas;

d) Acordos internacionais, fixando um preço mínimo para o café, facilitaram a retomada da economia;

e) um efeito combinado positivo resultou da diversificação das exportações e do crescimento industrial.

2 - (FUVEST) A política cultural do Estado Novo com relação aos intelectuais caracterizou-se:

a) Pela repressão indiscriminada, por serem os intelectuais considerados adversários de regimes ditatoriais;

b) Por um clima de ampla liberdade, pois o governo cortejava os intelectuais para obter apoio ao seu projeto nacional;

c) Pela indiferença, pois os intelectuais não tinham expressão e o governo se baseava nas forças militares;

d) Pelo desinteresse com relação ao intelectuais, pois o governo se apoiava nos trabalhadores sindicalizados;

e) Por uma política seletiva através da qual só os adversários frontais do regime foram reprimidos.

3 – (MACKENZIE) Sobre o Estado Novo, é falso afirmar que:

a) DIP, DASP e Polícia Secreta constituíram órgãos de sustentação do regime;

b) A centralização política e a indefinição ideológica identificaram esta fase;

c) A legislação trabalhista garantia o direito de greve e autonomia sindical, mantendo o Estado afastando das relações capital e trabalho;

d) O crescimento industrial se fez em parte graças à concentração de renda, baixos salários e desemprego;

e) As oligarquias apoiavam o governo já que este garantia grande propriedade e não estendia às leis trabalhistas ao campo.

4 – (UFMS) O queremismo, movimento surgido no final do Estado Novo (1945), tinha como uma de suas finalidade:

a) Obter o fim da ditadura, afastando Getúlio Vargas do poder;

b) Formar um governo forte, em substituição ao de Getúlio Vargas;

c) Introduzir o parlamentarismo para controlar Getúlio Vargas;

d) Manter Getúlio Vargas no governo, sob um novo regime constitucional;

e) Instalar uma Assembleia Constituinte liderada pela União Democrática Nacional.

Respostas:

1- E
2- E
3 – C
4 – D

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook