Atualizado em: 8 outubro 2010

Novo IOF 2010


Com esta do dólar baixar entra uma série de dúvidas e oscilações sobre o IOF ,  imposto arrecadado sobre os investimentos feitos no Brasil. Agora, porém, há um novo IOF que tende a se ajustar com as variações da moeda americana, o dólar.

Mudança

O novo IOF já está em vigor custando a taxa de 4% para quem faz aplicações tanto em estrangeiros como em renda fixa e com o dólar que caiu e está custando  R$ 1,67, ante R$ 1,691, o imposto teve que se adequar.
Entendimento

publicidade:

O mercado financeiro compreendeu as mudanças mesmo ciente de que este novo IOF não conseguiu findar a queda do dólar já que a baixa da moeda americana é um fenômeno global e avassalador fazendo com que o aumento do IOF não afete a bolsa de valores.

O IOF pode até ser uma ajuda, mas, infelizmente, até aqui, não tem resolvido a questão em curto prazo como esperam os investidores.

No mercado internacional,  a queda do dólar tem acontecido no mundo todo.  Com a valorização de 5,5% do real ante o dólar está apenas em sexto lugar, numa lista de 13 moedas. No entanto, a moeda iene  ganhou 13,4% em valorização.

A queda do dólar está  acontecendo porque até agora a moeda americana não alavancou, causando frustração no mercado.  Uma solução tem sido ver que mesmo .

Como os juros básicos americanos quase em zero, a única forma de fazer estímulo monetário é o Fed injetar dinheiro na economia comprando títulos em poder do público.

E aí, com este mundo de dólar dando sopa, a tendência é perder mesmo o valor.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook