Atualizado em: 15 setembro 2011

IBGE confirma, setor de gás e eletricidade teve maior média salarial em 2009

Além dos valores variáveis em relação ao ano de 2007 à 2009, o IBGE informa, os dados da administração pública incluem apenas as os setores de empresas públicas nas quais suas informações são basicamente provenientes em relação as Informações Sociais (Rais), leia mais, e confira!

Em relação a parte financeira da vida, temos que estar todos preparados para saber quais são as opções para se dar bem em relação ao nosso bolso.

Todos devem saber que, tanto o Brasil, como qualquer outro país, deve estar sempre efetuando o balanço de verbas a serem gastas, os projetos e situações financeiras em relação a vida das pessoas.

publicidade:

A Média Variável de Valores

Os estudos formalizados pelo órgão do (IBGE) – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, dizem que a demografia das empresas em relação ao ano de 2009, mostra que, os empregados do setor de eletricidade e gás, receberem a melhor média salarial referente aquele ano, isso no valor de 10,2 salários mínimos ao mês, o equivalente a R$ 5.559, levando em conta o valor vigente de R$ 545.

No ano de 2009, quando o salário mínimo estava em R$ 461,15, as pessoas já pensavam em aumento, assim com em todos os anos. Naquela época, o setor de organismos internacionais e outras instituições extraterritoriais, estavam em segundo lugar, tendo então uma média de (8,1 salários mínimos, equivalente a R$ 4.414,50).

Em seguida, respectivamente, as áreas de administração pública, defesa e seguridade social e informação e comunicação (6,2 e 6,1 mínimos, ou R$ 3.379 e R$ 3.324,50, respectivamente).

Segundo informações das pesquisas formalizadas pelo órgão, os setores que tiverem a menor média salarial, foram alojamento e alimentação (1,6 salário mínimo, ou R$ 872) e arte, cultura, esporte e recreação (1,7 salário mínimo, ou R$ 926,50).

Entre o ano de 2007 a 2009, os setores seguinte, como o de administração pública, defesa e seguridade social, eles tiveram uma queda nos salários mínimos, caindo então, de (R$ 8.229,50 no valor atual) em 2007 e 2008 para 6,2 salários mínimos em 2009 (R$ 3.379). Sobre o caso das atividades financeiras, de seguros e serviços, houve também.

Em relação a atividades financeiras, de seguros e serviços, a queda também afetou os setores, algo que, mesmo que no mínimo, tenha tido uma diferença, ocorreu a queda progressiva entre 2007 e 2009 – de 8,9 em 2007, para 8,6 em 2008, e 7,7 em 2009. O IBGE informou ainda que, os dados da administração pública incluem apenas as empresas públicas, cujas informações são basicamente provenientes da Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Atividade200720082009
Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura2,02,12,0
Indústrias extrativas4,85,35,8
Indústrias de transformação3,73,73,5
Eletricidade e gás10,410,410,2
Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação3,83,83,6
Construção2,62,72,9
Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas2,12,12,1
Transporte, armazenagem e correio3,33,33,2
Alojamento e alimentação1,61,61,6
Informação e comunicação6,16,16,1
Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados8,98,67,7
Atividades imobiliárias3,03,13,0
Atividades profissionais, científicas e técnicas4,54,44,2
Atividades administrativas e serviços complementares1,92,01,9
Administração pública, defesa e seguridade social15,115,16,2
Educação2,32,32,2
Saúde humana e serviços sociais2,62,52,4
Arte, cultura, esporte e recreação1,91,81,7
Outras atividades de serviços2,11,91,8
Organismos internacionais e outras instituições extraterritoriais6,18,58,1
O valor médio do mínimo em 2007 era de R$ 373,08; em 2008 era de R$ 409,62; e em 2009 era de R$ 461,15

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook