Atualizado em: 17 abril 2015

CDB do Itaú Confira as taxas e rentabilidades deste investimento

Segundo informações, existe uma grande vantagem no serviço do CDB que é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito, onde até o limite de R$ 70 mil (por CPF e por instituição financeira) é possível conseguir.
Você Sabia?
O projecto de investimento é um conceito entendido em duas acepções: enquanto plano (intenção) de investimento e enquanto estudo (processo escrito) da intenção de investimento (negócio)

(Foto: Divulgação/ CDB do Itaú).

Tratando-se de economia, as pessoas sempre procuram as melhores informações possíveis, ou seja, dependendo do assunto, é importante estar não só ter ouvido mas sim, saber realmente como funciona.Muitos talvez, devam não saber como funciona o CDB do Itaú, bem, vamos ajudar. O significado da sigla é CDB é “Certificado de Depósitos Bancários”, algo importante para os investidores.

Significado do CDB

Para aquelas pessoas que realmente tenham conta em banco, com certeza, já devem ter ouvido falar dos CDBs, trata-se de uma ótima opção para quem realmente quer investir na parte financeira.

publicidade:

O que poucos sabem, no entanto, é o que são esses certificados de depósito bancário. Como se fosse uma espécie de títulos privados, assim como as debêntures, tendo como um diferencial é que os CDBs são emitidos exclusivamente pelos bancos, enquanto as debêntures podem ser emitidas pelas demais empresas.

De acordo com informações, o investimento pelo CDB é garantido em pelo menos até R$ 70 mil. no FGC. Existem várias vantagens a serem coletadas e aproveitadas por cada serviço bancário.

Se tratando do CDB, há é claro algumas diferenças como os créditos pré ou pós-fixado, algo como a negociação, que funciona de maneira em que há também os riscos e tributação e dar algumas dicas sobre este investimento.

 

A Rentabilidade do Serviço

CDB do Itaú/ Taxas e rentabilidades

Tendo como sua principal meta em ajudar a todos, o Certificado de Depósitos Bancários serve para entender à todos os que necessitam e precisam entender a principal (e mais lucrativa) atividade de um banco: pegar dinheiro emprestado para emprestar.

Geralmente, quando precisamos contratar algum tipo de serviço, sem dúvidas, até requisitamos pessoas com experiência, mas, ao tratar-se de assuntos sobre bancos, créditos e tarifas, os melhor a se fazer, sem dúvidas, é buscar ajuda na própria agência.

Os bancos podem emprestar boa parte do dinheiro que depositamos à vista ou a prazo, ou seja, isso é CDB, algo que podemos de fatos investir se usarmos a cabeça.

Com o depósito à vista é o montante que deixamos em nossa conta corrente. Existe uma limitação para o banco emprestar esse dinheiro, mas, em compensação, ele não nos remunera por isso.

Nos depósitos a prazo (CDBs), cedemos determinado montante para o banco pode um prazo, algo que previamente acordado e ele nos devolve esse montante acrescido de uma taxa de juros (pré ou pós fixada, assim como no Tesouro Direto). É assim que funciona!

As Taxas

O principal risco de um CDB é o banco quebrar ou não honrar com o compromisso feito. A grande vantagem, no entanto, é que o investimento em CDB é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito, até o limite de R$ 70 mil (por CPF e por instituição financeira).

Essa vantagem permite que você invista muito mais de R$ 70 mil, contanto que divida entre várias instituições bancárias. Outra opção é investir uma parte em seu nome, outra parte em nome da(o) sua(seu) esposa(o), e assim por diante.

Como todo serviço tem suas ações a serem tomadas, pode-se dizer que, há também suas tributações, e no caso dos CDBs, a tributação é semelhante à maioria das aplicações de renda fixa, sendo cobradas as taxas seguintes:

  • 22,5% – sobre os rendimentos ocorridos até 180 dias após a aplicação;
  • 20% – sobre os rendimentos ocorridos até 360 dias após a aplicação;
  • 17,5% – sobre os rendimentos ocorridos até 720 dias após a aplicação;
  • 15% – sobre os rendimentos ocorridos após 720 dias da aplicação.

As melhores opções para investir e optar pelo CDB, segundos informações, é investir nos bancos menores, ou seja, eles muitas vezes, pagam as taxas acima de 100% do CDI, o exemplo está no banco Schahin, que há alguma tempo, pagava 112% do CDI.

Há também opções de investimento em CDBs de grandes bancos, mas com taxas menores, mas para isso, é importante estar ligado as melhores alternativas possíveis.

Resumindo, é indicado que dirija-se ao seu gerente para obter todos os detalhes, ou melhor, antes de tudo, acesse Aqui e confira tudo sobre o serviço do CDB! Mais detalhes, acesse ww2.itau.com.br.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook